Alsácia de trem: cidades, dicas e roteiros

O trem é uma ótima opção para viajar na França, mas na menor região do país os trajetos não são tão óbvios! A ideia aqui é, portanto, trazer todas as dicas, nomes de cidades e roteiros que você pode fazer na Alsácia de trem! Então confira abaixo tudo sobre viagem na Alsácia em trem!

Linhas de trem da Alsácia

Linha principal

Existem duas linhas de trem na Alsácia. A primeira passa por Strasbourg, desce a Séléstat, para em Colmar, faz uma conexão em Mulhouse, pára em Saint Louis (na fronteira e conexão para o EuroAiport) e termina de atravessar o país até Basel, na Suíça!

Estação de St. Louis: o ônibus azul vai para o aeroporto e o tram verde para Basel
Estação de St. Louis: o ônibus azul vai para o aeroporto e o tram verde para Basel

O que pode mudar entre Mulhouse e Strasbourg é o fato de ter horários com algum trem na Alsácia mais expresso, que não para em Séléstat. Por outro lado, entre Mulhouse e Basel encontramos opções pinga-pinga. Eles param em localidades como Rixheim, Habsheim, Sierentz, Bartenheim, St Louis La Chaussee e Bale St Jean.

Mittlere Brucke: a mais famosa ponte de Basel
Mittlere Brucke: a mais famosa ponte de Basel

Linha secundária

Em Mulhouse existe uma pequena linha local, quase um metrô de superfície, no qual podemos ir à Thann, onde existe o museu do vinho e a trilha do l’oeil de la sorcière. O trajeto passa por Mulhouse Musées (onde está a Cidade do Trem e o Museu da Energia – Electropolis), Lutterbach, Graffenwald, Cernay (onde está o parque das cegonhas) e Vieux Thann Zi.

As ruínas do castelo de Thann, conhecido hoje como o Olho da Bruxa
As ruínas do castelo de Thann, conhecido hoje como o Olho da Bruxa

Conexões de trem na Alsácia

Tanto a linha principal quanto a secundária são consideradas regionais (TER). Mas a primeira pode vir com algum vagão de longa distância, conectando Mulhouse, Colmar e Strasbourg à Itália, Suíça, Alemanha ou à Paris.

Strasbourg: vista da barragem Vauban
Strasbourg: vista da barragem Vauban

Assim, conseguimos encontrar algumas poucas opções saindo de Mulhouse à Freibourg, na Alemanha, ou descendo para além de Basel, pela Suíça e a Itália.

A vista em cima do Schlossberg, em Fribourg
A vista em cima do Schlossberg, em Freibourg

Além disso, de Mulhouse conseguimos descer mais ao Sul do país, passando por cidades como Belfort, Dijon ou Besançon.

Cidade de Belfort, França

Também é possível sair de Mulhouse, Colmar ou Strasbourg à Paris em trem de alta velocidade (TGV) ou não. Essa é uma linha com mais de uma opção por dia, mas super cara!

photo of cars parked on side of street across the eiffel tower
Viajar de trem na Alsácia também dá opção de ir ou voltar de Paris | Pexels.com

Por fim, de Strasbourg encontramos trens da Alsácia que sobem mais ao norte, conectando-se a cidades como Metz ou até Luxemburgo. E, por fim, trens que se direcionam à Alemanha, passando por Frankfurt, por exemplo, ou Stutgart.

Metz e as lindas margens
Metz e as lindas margens

Onde comprar tíquetes

O site oficial ou app para compras é da SNCF, que é a estatal de trens francesa. Uma opção é também pelo Oui, site da agência de turismo deles! Mas às vezes no site Omio encontramos opções mais em conta. E, por fim, nas estações encontramos maquininhas. O que vale destacar é que o preço varia de acordo com a data da compra, por isso, pode ser uma boa garantir com bastante antecedência!

Trams excelentes distribuem os passageiros por diferentes linhas em Mulhouse
Trams excelentes distribuem os passageiros por diferentes linhas em Mulhouse

O que você não vai conseguir fazer de trem na Alsácia

As lindas cidades Eguisheim, Riquewihr e Kaysersberg, por exemplo, não estão conectadas por trem. Assim, você precisará de carro ou uma excursão para acessar essas cidades e a maior parte da rota do vinho. Eu acho essa uma das melhores partes do passeio, por isso, recomendo alugar carro ao menos por um dia para fazer algum dos roteiros de 4 ou 7 dias na Alsácia!

A delicadeza das flores, casas e detalhes de Riquewihr
A delicadeza das flores, casas e detalhes de Riquewihr

Além disso, o castelo de Haut-Koeningsbourg ou o campo de concentração Struthof também não estão conectados. Mas vale destacar que da estação de Sélestat existe ônibus para o Haut-Koeningsbourg e o EuroPark!

A bela vista do Haut-Koeningsbourg
A bela vista do Haut-Koeningsbourg

E de Mulhouse também encontramos ônibus para o Parc Petit Prince, que faz parte das principais atrações da Alsácia para crianças!

Vista aérea do Parc Petit Prince. Fonte: Instagram do Parc Petit Prince
Vista aérea do Parc Petit Prince. Fonte: Instagram do Parc Petit Prince

Você vai à Alsácia? Então não deixe de ler o tópico só sobre a região aqui no blog! Acesse aqui e confira agora, pois tem muita informação lá! Morei um ano por lá e tenho muitas dicas para te dar!

A sugestão é que comece a estudar a região no texto sobre os roteiros de 2, 4 e 7 dias e o sobre a rota do vinho. A partir deles será mais fácil selecionar as atividades, pois tem bastante coisa para fazer na menor região da França! E aqui você confere também como chegar à Alsácia e onde se hospedar!

Aproveito então para convidar você para se inscrever em nosso mailing VIP para receber nossos newsletters, e-books e conteúdos exclusivos! Basta preencher o formulário que está aqui. Não deixe de conferir também o perfil do Ultrapassando Fronteiras no FaceInstaPinterest e YouTube

2 comentários Adicione o seu

  1. Para mim, Alsácia é uma das regiões mais encantadoras da França. Estive dois anos consecutivos durante o Natal… tudo fica ainda mais mágico.

    1. Sou bem suspeita para dizer, Amanda! Depois de morar um ano lá, ficou um carinho muito especial!

O que você achou? Teria algum comentário?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.