Eguisheim, Alsácia: o que fazer na bela village

Eguisheim é uma pequena cidade medieval na Alsácia. Repleta de flores e fontes, está situada pertinho de Colmar e tem o mesmo estilo arquitetônico em enxaimel. É tão petica que basta andar menos de meia hora em círculos e já se vê então ela toda! Conto aqui como é a cidade, o que verá por lá, como ir e onde comer!

Eguisheim, Alsácia
Minha rua favorita de Eguisheim

Quais são os diferenciais de Eguisheim, Alsácia

O que a difere Eguisheim, na Alsácia, de Colmar, a vizinha famosa e dotada de canais, é que essa é uma vila bem menos demandada pelo turismo, repleta de sedes de vinícolas para degustação de vinho e tem um restaurante Michelin a cada quadra! Ou seja, é uma cidade para caminhar nas ruelas, visitar as vinícolas e comer. Portanto, é uma cidade só para curtir e não para visitar museus! Como gosto de lugares lindos, tranquilos, bem como de beber e comer bem, você já imagina o deleite que foi!

Eguisheim, na Alsácia
Fontes adornam vários cantinhos. Em frente à igreja está essa escultura do Papa Leão IX

O que de histórico ver em Eguisheim, Alsácia

Foi em Eguisheim que nasceu o papa Leão IX. Uma capela dedicada a ele e o castelo em que viveu são, portanto, alguns dos pontos turísticos. Sobre o visual, vemos ali pertinho, bem no alto de uma montanha, três castelos dos séculos XI e XII. Eles foram destruídos pelas guerras e hoje restam apenas as torres, que não deixam de ser incríveis.

Eguisheim, na Alsácia
As ruas em formato de curva, acompanhando o desenho da cidade, não são muito fofas?

Quando ir à Eguisheim

Eguisheim é perfeita para combinar com uma visita depois de conhecer a Pequena Veneza de Colmar. O passeio nos canais nos impressiona e apaixona. Depois vem a calmaria e a beleza dessa pequenina cidade envolvente… Com relação às estações, na minha opinião, a melhor época para ir é na primavera. Mas é no final do ano, pelos mercados de Natal, que a região fica mais linda!

Eguisheim, na Alsácia
Tudo é muito cuidado e delicado, mas mais clean e menos adornado que Colmar

Aliás, conheci Eguisheim no dia em que fui pela segunda vez à Colmar. Era primavera. 🙂 Almocei lá com meu namorado, fizemos passeios e depois, no final da tarde, por volta das 19h, chegamos à Eguisheim. Foi quase o ideal! Só recomendo que chegue antes disso, entorno das 16h, assim conseguirá pegar as vinícolas abertas, dar umas voltas pelas ruas de conto de fadas para só então jantar.

Eguisheim, na Alsácia
Essa é uma das vinícolas mais famosas de lá

Onde comer em Eguisheim

Outra dica importante é fazer a reserva antecipada em um restaurante, pois eles são bem concorridos. Se chegar sem reserva, não será possível prestigiar aqueles reconhecidos pelo Guia Michelin. A diferença de preço entre um restaurante estrelado e um não… é muito pequena! Vale super investir uns euros a mais! Então, antes de ir, acesse o site do guia, escolha um restaurante e garanta a sua reserva! Eu tive uma experiência super bacana, por exemplo, no Au Trotthus, em Riquewihr.

Eguisheim, na Alsácia
Um pouco mais dos detalhes desse lugar tão fofo e tranquilo

Como ir à Eguisheim

Eguisheim, assim como os demais destinos da rota do vinho da Alsácia, é bem mais fácil de explorar de carro. O trem não chega até lá, só passa em Colmar, Sélestat e Strasbourg. Além disso, são muitas cidadezinhas, uma do lado da outra, e é uma delícia ir parando em várias delas, tendo os vinhedos como paisagem ao longo de todo o caminho. O aeroporto mais próximo é o EuroAiport.

Se decidir fazer essa rota ou conhecer a região, não deixe de ver nossos posts atuais e futuros sobre Strasbourg, Colmar, Ribeauvillé, Riquewihr, KayserbergMulhouse e Thann, além de Basel, na Suíça. Também leia sobre o passeio de bike que fizemos na EuroVelo6, uma das maiores ciclovias europeias!

Confira também:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.