Melhores bairros de Valencia para morar

A cidade de Valencia, na Espanha, oferece uma qualidade de vida sensacional a um ótimo custo. Tem atraído, nos últimos cinco anos, inúmeros estrangeiros que vivem de renda, trabalham remoto ou estão aposentados. Mas onde morar na cidade de Valencia? Quais os melhores bairros para viver em Valencia? Confira aqui dicas dos melhores bairros de Valencia selecionadas por quem mora na cidade!

Antes de entrar nos bairros, é importante você entender como está dividida a cidade. São 19 distritos, cada um recheado com um grupo de bairros. Destaco então aqui os principais e, dentro deles, os melhores bairros para morar em Valencia!

Ciutat Vella

Esse é o distrito de Valencia situado na antiga cidade murada, no coração do centro antigo. Ele compreende os bairros La SeuLa XereaEl CarmeEl Pilar (Velluters), El Mercat y Sant Francesc.

Tem muito charme para ver nas ruas de Valencia
Tem muito charme para ver nas ruas da cidade velha de Valencia

A vantagem dessa região é que muitos pontos estão bem conectados por metrô e também estão próximos de lojas e restaurantes. Contudo, é importante destacar que muitos trechos são fechados para pedestres ou oferecem poucas e caras opções de estacionamentos. Por isso, é uma área indicada a quem se deslocará por transporte público e bicicleta.

Pelas ruas do Centro antigo de Valencia
Pelas ruas do Centro antigo de Valencia

É importante destacar que a maior parte das ruas são bastante turísticas e comerciais e, portanto, não será uma uma região ou bairros de Valencia para morar em que sempre haverá silêncio. Especialmente, em época de festa das fallas.

A Virgem de Valencia recebendo as flores das fallas na praça

El Carmen

El Carme é um bairro para morar em Valencia, situado no distrito de Citat Vella, que se destaca a quem curte vida boêmia. Já procuramos imóveis por ali e é importante visitar a rua para ver o movimento especialmente no final de semana. Segundo a Callaghan imobiliária, os imóveis de El Carmen são menores, mas isso depende, no meu entendimento, se você compara bairros centrais a zonas mais novas.

Bares de El Carme
Bares de El Carme

Vale destacar que, com o crescimento de Russafa, uma parcela do público de El Carme passou a se interessar mais por esse outro bairro. Atualmente, vemos que os bares desse bairro de Valencia são mais procurados por turistas e, quem mora na cidade, opta por Russafa e El Cabanyal para sair.

O unicórnio de Escif na rua de trás do IVAM é um dos destaques dos grafites de El Carmen, Valencia
O unicórnio de Escif na rua de trás do IVAM é um dos destaques dos grafites de El Carmen, Valencia

Sant Francesc

Sant Francesc é um dos mais nobres bairros da cidade e bastante disputado. É considerado um ótimo bairro para viver. Você verá que o metro quadrado ali é o mais caro de todas as zonas da Ciutat Vella. Procuramos imóveis em Sant Francesc e nos impressionou a liquidez. Isso porque todas as vezes que vimos um anúncio e ligamos para visitar, já estavam alugados.

Eixemple

L’Eixemple é o distrito onde moro e é compreendido por Ruzafa, El Pla del Remei e Gran Via. Tem como vantagem estar ao lado da cidade murada e com muito comércio e serviços ao redor. Por isso, é uma das zonas que mais tem sido revitalizada e se valorizado nos últimos anos. Especialmente pelo bairro de Ruzafa, um dos melhores bairros de Valencia para se viver, na minha opinião e, portanto, o que escolhemos.

Prepare-se para ter muita dúvida do que escolher com a lista delícia a seguir sobre os restaurantes de Russafa
Prepare-se para ter muita dúvida do que escolher com a lista delícia a seguir sobre os restaurantes de Russafa

El Pla del Remei, Canovas e Gran Via

Esses são os bairros mais chiques e tradicionais de Valencia e estão bem pertinho um do outro. Para uma paulistana, como eu, a junção dos três seria até menor do que eu tenho como referência de bairro. Acima deles encontramos a Calle Colon, que é a rua comercial mais importante da cidade e a quinta mais cara da Espanha, depois de ruas famosas situadas em Madri (Precianos e Serrano) e Barcelona (Portal del Angel e Paseo de Gracia).

O Mercado de Colon
O Mercado de Colon

Nas travessas estão marcas de luxo, restaurantes sofisticados e prédios reformados e em estilo art nouveau completamente adornados. É uma região linda de se ver! Tenho amigos que viveram na região e gostaram bastante, mas reduziram bem o custo de locação e incrementaram as atividades de lazer ao se mudarem a Russafa.

No geral, os imóveis são bem grandes e resididos pelas famílias tradicionais locais. Aliás, é uma das regiões onde mais vi bolsas Louis Vouitton na vida levadas por mulheres de calça social e blazer, o que é uma contradição ao estilo caiçara, esportista e desencanado de se vestir na cidade.

Russafa

Dentro de L’Eixemple, esse é o bairro que se destaca. Russafa, assim como El Carme, como comentei, é repleto de bares e restaurantes. É como a Vila Madalena ou Pinheiros de São Paulo e os mais procurados nos últimos tempos por estrangeiros nômades digitais. Se você quer ver um público internacional e sair de casa e ir a pé comer qualquer tipo de cozinha, aqui é o lugar! É então o lugar da moda!

Como tradição por toda Valencia, as laranjas também estão nas ruas de Ruzafa
Como tradição por toda Valencia, as laranjas também estão nas ruas de Ruzafa

Contudo, é importante saber que no período da festa das fallas ou você se renderá a ela ou terá que viajar. Outra dica importante é você checar bem a vedação das janelas e evitar primeiros andares porque muitos possuem restaurante abaixo.

Sou apaixonada pelo charme dos prédios de Russafa, Valencia
Sou apaixonada pelo charme dos prédios de Russafa, Valencia

Cabe destacar que Russafa tem um parque delicioso ao lado, o Parc Central, e é cruzado por diversas ciclovias. Mas, para acessar o metrô, você terá que andar uns 10 minutos até a estação Bailen ou a Xativa. Eu não vejo problema nenhum no tempo e a cidade é toda plana, mas o pessoal daqui acha caminhar isso ao metrô uma eternidade.

O Parque Central é o mais novo da cidade e fica em Russafa
O Parque Central é o mais novo da cidade e fica em Russafa

Distrito Extramurs

Esse é outro ponto que circunda o centro antigo. Reúne os bairros de El Botanic, La Roqueta, La Petxina e Arrancapins, que é considerado um dos melhores bairros de Valencia para morar!

Arrancapins

Se você quer um bairro central bem residencial, Arrancapins é a pedida! Meu marido morou lá por un ano e meio e nós gostamos bastante. Fazíamos tudo a pé e tínhamos o melhor metrô à disposição, o Angel Guimera, cortado por diversas linhas, inclusive por trem intermunicipal e a linha que vai ao aeroporto. Como as frequência dos trens aqui é baixa, evitar conexões de metrô ajuda a poupar um tempinho do seu dia!

Em Arrancapins você terá tudo o que precisa na porta de casa: restaurantes, bares, padarias e supermercados. É um bairro nobre e tranquilo, mas mantém um astral mais provinciano, mais local. Seu vizinhos serão então valencianos classe média alta.

Campanar

O distrito de Campanar é composto pelos bairros CampanarLes TendetesEl Calvari y Sant Pau. Campanar é o lugar ideal se você quer morar num bairro residencial tranquilo e de alto padrão, mas gastar menos em aluguel e ter um apartamento maior. Possivelmente, você encontrará 4 dormitórios no Campanar pelo mesmo preço de um studio em Russafa.

Aliás, o aumento dos aluguéis nos bairros mais procurados por estrangeiros fez muita gente nascida em Valencia mudar para o Campanar. Com isso, tenho vários amigos que vivem nesse bairro de Valencia! Lá é ideal se você quer usar o metrô, morar em um imóvel mais novo e amplo, além de estar em um bairro menos movimentado. Contudo, pelo perfil do público, é um bairro um pouco difícil de encontrar imóveis mobiliados.

El Pla del Real

El Pla del Real tem esse nome porque era a área onde originariamente residiam os reis de Valencia. É considerada uma região muito boa por estar na parte central, porém sem o agito da Ciutat Vella. O distrito é composto pelos bairros ExposicióMestallaJaume Roig y Ciutat Universitària. Com isso, ali encontramos o estádio do Mestalla, a Alameda e o Jardín del Turia, a Universidad de Valencia e o início da Avenida de Blasco Ibáñez. 

Rio Turia é um ótimo lugar para passear e ele corta um bom pedaço da cidade com ciclovia
Rio Turia é um ótimo lugar para passear e ele corta um bom pedaço da cidade com ciclovia

Ciutat Universitária

Cabe destacar que o bairro Ciutat Universitária era pouco procurado e está voltando a se valorizar e se revitalizando em virtude dos pequenos imóveis para estudantes. Um amigo que é corretor me disse que as proximidades da universidade podem ser um bom investimento para comprar, reformar e alugar um pequeno apartamento decorado e uma amiga corretora adquiriu dois imóveis ali com essa finalidade. Segundo eles, daqui uns anos esses imóveis se valorizarão.

Alameda e Jardin del Turia

Como a parte da Ciutat Vella, tem diversas estações de metrô e pontos de ônibus. Mas, por ter ruas mais amplas e prédios mais novos, é uma das melhores partes da cidade para quem se desloca de carro. Os imóveis são, no geral, maiores e mais novos, muito buscados pelo público alta renda que vem de fora de Valencia. Aliás, os corretores adoram oferecem opções por ali.

Nós chegamos a procurar por ali também. Mas, na minha opinião, vale se você estiver com uma boa vista e varanda para o Turia! Caso contrário, para quem vem de fora, como o Brasil, perde a oportunidade de viver as ruas pequenas e o estilo de vida de fazer tudo pertinho de casa, a pé!

Distrito de Quatre Carreres

Está compoesto por sete bairros: MonteoliveteEn CortsMalillaFuente San LuisNa RovellaLa Punta e Ciudad de las Artes y las Ciencias. É, portanto, uma parte que também rodeia o rio Turia, interesssante para quem busca curtir o parque e contar com o visual do complexo da Cidade das Artes e das Ciências. Gostaria de destacar aqui dos trechos.

Monteolivete

Gostaria de destacar esse bairro que acho interessante, pois está entre Russafa e o Turia. Aqui você encontrará comércio, bares e restaurantes, mas num astral mais de bairro residencial. Tem então mais um estilão local e pouca gente fala dele. Além disso, você estará pertinho do rio para se exercitar e poderá ir caminhando aos bares de Russafa, gastando menos do que no bairro da moda.

Ciudad de las Artes y las Ciencias

Essa parte mais distante do Centro é o símbolo da valencia moderna. Tem os préidos mais novos, arquitetura mais inovadora e ainda está rodeada do parque, de um Corte Ingles e do Complexo Aqua. Por mais que esteja se desenvolvendo bastante, vale destacar que a variedade de restaurantes não é grande. Além disso, ali me faz sentir em outra parte do mundo: lanchonetes, restaurantes mexicanos e estilos de comércio mais norte-americanos.

Entre as curvas da Cidade das Ciências de Valencia
Entre as curvas da Cidade das Ciências de Valencia

Uma região nobre e de alta renda, mas não para um típico espanhol. Uma das partes mais nobres está na Avenida de Francia, onde encontramos um pouco mais de serviços e de comércio. Mas esse é um bairro com estilão para ter carro. Eu só moraria ali se fosse também para estar numa cobertura de frente para o Turia. Contudo, quando meu marido mudou para cá, os corretores só apresentavam opções por aqui. Isso porque o pessoal vê estrangeiro e acha que todos querem morar em grandes condomínios.

Poblados Marítimos

O distrito de Poblados Marítimos é composto pelos bairros El GraoCabañal-CañamelarMalvarrosaBeteró y Nazaret. Esse pedaço da cidade está situado perto do mar e é natural um estrangeiro olhar com desejo a eles!

A ponta de Malvarrosa ao pôr do sol
A ponta de Malvarrosa ao pôr do sol

O que acontece é que Valencia cresceu e se desenvolveu longe do mar, ao redor da cidade murada. A praia, séculos passados, representava um risco de ataque. Então a vida nobre e rica era longe do mar. Contudo, nas últimas décadas, começaram a se desenvolver prédios de verão nas praias de Malvarrosa, El Saler e Patacona, que já é em Alboraya, outra cidade. Somente nos dois últimos anos, com a gentrificação e a vinda de estrangeiros, passou a ter um movimento de pessoas querendo morar na praia.

O por do sol visto do Vele y Vents
O por do sol visto do Vele y Vents

Cabanyal

Cabanyal está super em alta, foi considerado o 3o mais cool da Europa, mas ainda é um bairro pobre de Valencia, com trecho com conjuntos habitacionais populares e pequenas favelas. Será um dos poucos pontos da cidade em que um valenciano vai te dizer para tomar cuidado e que você verá seguranças. É, portanto, importante conhecer bem antes de selecionar em que endereço morar lá.

A principal atividade que fazer em El Cabanyal é ir aos bares e restaurantes
A principal atividade que fazer em El Cabanyal é ir aos bares e restaurantes

Malvarrosa

Sei que tem bastante estrangeiro morando na Malvarrosa e toda vez que vou para lá vejo muito turista ou mesmo gringos que moram aqui. A qualidade de vida de morar no Mediterrâneo deve ser sensacional, mas de verdade não conheci ninguém que morasse ali. Como não é todo o trecho de praia que tem metrô próximo, esse é um item que você deve se atentar, caso vá se deslocar por transporte público.

A praia de Malvarrosa vista do calçadão
A praia de Malvarrosa vista do calçadão

Alboraya

Alboraya é uma cidade litorânea grudada em Valencia e conectada ao metrô metropolitano. É lá que está a famosa praia da Patacona e é onde foi criada a horchata, bebida mais tópica da região! Com o crescimento populacional e a gentrificação, Alboraya e a Patacona estouraram nos últimos dois anos.

O calçadão de Port Saplaya, em Alboraya, Valencia, ao lado da Pequena Veneza
O calçadão de Port Saplaya, em Alboraya, Valencia, ao lado da Pequena Veneza

Com isso, você verá nessa cidade de Valencia inúmeros empreendimentos novos. Além disso, começam a aparecer bares, restaurantes e comércio na região. É uma opção para morar em um imóvel mais novo, em um bairro agradável e próximo à praia com o melhor custo-benefício de Valencia. É por isso que você verá no blog da Finkas um texto explicando que Alboraya é um bom lugar para morar com crianças.

Vale então destacar que o condomínio mais conhecido de lá é o Port Saplaya (foto acima e abaixo), que tem tanto casas quanto apartamentos. Mas são imóveis famosos de alto padrão. Por isso, o custo pode ser mais alto que os prédios comuns e próximos ao metrô.

Port Saplaya em Alboraya
Port Saplaya em Alboraya. Não é uma graça?

Poblados del Sul: Saler e Pinedo

Essa é uma parte fora da cidade, dos povoados do sul à beira mar, que não tenho tanta referência para falar. Está crescendo, como Alboraya, mas de fato não vejo conhecidos planejando ir para lá. El Saler e Pinedo têm praias reconhecidas como sendo mais tranquilas e boas, mas as pessoas ainda não foram morar lá. Em tempos de trabalho remoto, para quem não tem necessidade de grande oferta de comércio e quer se deslocar de carro, podem ser boas regiões para morar em apartamentos maiores, novos, mais tranquilos e distantes do centro. Cabe destacar que, em 20 minutos saindo do centro, você chega a esses lugares, mas para a referência local isso é longe.

El Saler é comprida com areia clara e muito tranquila
El Saler é comprida com areia clara e muito tranquila

Benimaclet

Benimaclet é um pequeno povoado próximo com ruas antigas e casas históricas. É uma das zonas que estão valorizando com a gentrificação e que tem atraído estrangeiros em busca de preços mais acessíveis e tranquilidade, inclusive brasileiros. Há quem diga, ainda, que tem um potencial para quem quer investir em imóvel e ter bons ganhos no futuro. Não sou grande conhecedora e fequentadora, pois costumo circular mais na área central e à pé.

Paterna

Paterna é uma cidade próxima à Valencia, integrada por estações de trem, onde está o Centro de Inovação de Valencia e uma série de galpões e empresas. É um endereço com potencial para trabalhar e repleto de escolas internacionais. A maior parte dos meu amigos e amigas trabalham em escolas internacionais e em empresas situadas em Paterna, inclusive a empresa do meu marido está sediada lá. Em virtude da facilidade, expatriados algumas vezes optam por morar por ali. Mas não é considerado das cidades – ou melhores bairros – para morar em Valencia.

Pueblos aos redores

Grande parte da população que trabalha em Valencia, vive nos pueblos próximos. As pessoas escolhem a vida tranquila, confortável e mais barata dos povoados em detrimento da cidade. Por isso, você encontrará muitas cidades vizinhas com condomínios de casas e prédios. Ou então até mesmo casas de rua, que são raridade e uma fortuna na capital.

2 comentários Adicione o seu

  1. Gerson Martins disse:

    Optimo artigo

    1. Que bom que gostou! Fico muito contente em saber!

O que você achou? Teria algum comentário?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.