Alboraya: horchaterias, praias e a Pequena Veneza de Valencia

Conhecida pela praia Patacona, a Pequena Veneza de Valencia e as horchatas, Alboraya é uma cidade que você pode gostar de morar ou dar um passeio quando estiver na Comunidade Autonoma de Valencia! Conto aqui como chegar, o que fazer, em quais praias ir e onde comer e tomar horchata em Alboraya, Valencia!

Uma visão geral da cidade de Alboraya

Alboraya (em valenciano, Alboraia), diferente do que muitos pensam, não é uma praia de Valencia. É um município da Comunidade Autônoma de Valencia que está ao lado da capital da região, a 3 km ao norte dela, e conectado por metrô a ela! Com cerca de 25 mil habitantes, é um dos endereços procurados por quem quer morar na praia, a bom preço, em um pedaço que tem mais comércio que Malvarrosa e Las Arenas e acessar rapidamente áreas de escritórios como as situadas em Paterna ou no Centro de Valencia.

O calçadão de Port Saplaya, em Alboraya, Valencia, ao lado da Pequena Veneza
O calçadão de Port Saplaya, em Alboraya, Valencia, ao lado da Pequena Veneza

Praias de Alboraya

São 3,5 km de areia em Alboraya divididos em duas praias: Port Saplaya e Patacona, separadas pelo barranco del Carraixet e um parque natural. A Patacona é a que une Alboraya à Malvarrosa de Valencia e, portanto, onde encontramos muitos restaurantes em um longo calçadão.

Mas, como sempre digo, as praias mais próximas de Valencia não são boas! Se você quiser uma praia maravilhosa, terá, portanto, que ir mais distante, à Javea, Moraira, Calpe, Altea, Peníscola, além de outras!

Port Saplaya em Alboraya
Port Saplaya em Alboraya. Não é uma graça?

Já Port Saplaya é mais famosa por seu atrativo turístico da Pequena Veneza de Valencia (Pequeña Venecia). Trata-se de um condomínio com um porto de lazer. É então repleto de casas e prédios coloridos, que dão um charme diferente a esse pedaço da cidade!

A Pequeña Venecia de Valencia foi criada nos anos 70/ 80, numa época de boom imobiliário na Espanha. A ideia era oferecer casas de veraneio, mas hoje muita gente vive ali, especialmente idosos do norte europeu. Além disso, não raro você escutará diversas línguas de outras regiões europeias, como o russo.

Port Saplaya é a Pequena Veneza de Valencia em Alboraya
Port Saplaya é a Pequena Veneza de Valencia em Alboraya

Port Saplaya com a sua Pequena Veneza de Valencia é uma boa opção de passeio de um dia ou no retorno de um bate e volta, pois fica pouco antes da entrada de Valencia. Combinamos ela com El Mirador del Garbi, mas poderíamos ter feito com outro passeio como Sagunto ou Peñíscola. Vale então uma paradinha para uma caminhada, seguida de uma voltinha pra tomar uma horchata!

Um pouquinho mais do charme de Port Saplaya em Alboraya

La Huerta e a ruta de la Horchata

A cidade de Alboraya tem um diferente atrativo turístico e cultural que é uma extensa horta herdada da agricultura árabe. Trata-se de um passeio pelo tempo, nos quais chufas (ingrediente da horchata) invadem quilômetros e quilômetros quadrados, com alquerías, horchaterias, ermitas e barracas valencianas que dão um toque pitoresco à paisagem!

O que comer e beber em Alboraya

Alboraya tem como pratos tradicionais o arroz con alubias y nabosarroz al hornoarroz con acelgas e a paella de hígado de buey, além de caracóis picantes (avellanencs). Mas os doces mais famosos são o fartón e as tortas cristinas, que você encontrará nas horchaterias.

O farton da Horchateria Daniel de Alboraya, Valencia
O farton da Horchateria Daniel de Alboraya, Valencia

As horchatas

A cidade é 100% lembrada como o local da horchata pela grande tradição que tem a bebida na cidade. É feita à base de cyperus esculentus, uma herbácea que produz um tubérculo chamado de chufa (xufa) que, ao ser triturado e exprimido, cria um suco branco conhecido como horchata (orxata).

Horchata tão forte na região que, em 12 de julho, é Dia da Horchata em Alboraya! Além disso, El Machistre, na Alquería El Machistre, é o museu local da horchata de Alboraya, com direito à degustação da bebida original de D.O. (zona constrolada).

Vai uma horchata original?

Horchateria Daniel

Esse é sem dúvida o lugar pra provar uma horchata e um farton! A Daniel é a horchateria mais famosa da Comunidade Autonoma de Valencia, com unidade até no sofisticado Mercado de Colon! Você verá até fila para entrar!

Eu confesso que acho horchata horrível, mas o pessoal daqui bebe com fé. Eu e meu marido tentamos algumas vezes, em diferentes lugares, e não conseguimos gostar nenhum pouco. Até que descobri na Harchateria Daniel que se pedirmos misturada com outras coisas pode ficar boa!

A horchata com café da Daniel

Gostei bastante da granizada com café! E a com sorvete – como de turrón – também fica interessante! Contudo, certamente os garçons de lá vão olhar estranho para você quando pedir, como fizeram comigo! E eu entendo porque olho assim indignada quando o pessoal daqui toma café com uma pedra de gelo!

Outras horchaterias famosas em Alboraya

Na Horchatería Panach desde 1971 preparam artesanalmente com chufa produzida por eles mesmos. A Sequer Lo Blanch está bem no meio da huerta, o que é uma experiência e tanto! Também por ali está Horchatería Vida, rodeada de campos de chufa. 

As arrocerias e restaurantes de Alboraya

Para quem busca um bom arroz ou paella, destacamos então três opções:

  • Casa Patacona – Avenida Mare Nostrum, 26, 46120 Alboraya – uma opção na própria avenida da praia, com vista pro mar.
  • La Pepa – Plaça del Carme, 5, 46120 Alboraya – com uma cozinha mais autoral.
  • Brassa de Mar – Avenida Mare Nostrum, 50, 46120 Alboraya – mais sofisticado, é famoso pelos assados e também tem uma vista gostosa.

Centro antigo de Alboraya, Valencia

Para quem gosta de história e arquitetura, depois de tomar a sua horchata ou mergulhar no mar, você pode então caminhar no centro antigo para ver as construções modernistas e Art Decó dos séculos XIX e XX. Os prédios mais emblemáticos são a Casa Señorial del Conde de Zanoguera (século XVII), o Mercado Municipal, o Antigo Matadouro, o Teatro L’ Agrícola e a Puente del Moro. De templos, temos as Ermitas de San Cristóbal, de Santa Bárbara, de Vilanova e do “Miracle dels Peixets”, além do Templo Parroquial de la Asunción.

Como ir à Alboraya

A cidade é atravessada pela A-7, a estrada que leva pela costa. Além de ir de carro, você pode chegar de metrô (linha 3 do metrô de Valencia) e ônibus.

Onde ficar em Alboraya, Valencia

Quem busca uma hospedagem diferente na região, a La Mozaira é uma casa de campo valenciana do século XVII situada bem nas huertas. Trata-se de um 4 estrelas bem charmoso que oferece ainda um restaurante típico, uma bodega própria de vinho e piscina. Além da experiência com a ambientação, os quartos são lindos! Então confira!

Que tal a experiência de ficar na Huerta de Alboraya?
O belo quarto do La Mozaira

Há, ainda, a opção de você ficar num apartamento do Port Saplaya. Que tal vivenciar a Pequena Veneza de Valencia? Selecionei aqui um de frente para o mar que pode hospedar até 6 pessoas!

Você vai à Valencia? Não deixe então de conferir o tópico sobre a região! Moro na cidade de Valencia e sempre tem muito conteúdo aqui sobre vida e viagem no exterior! Inclusive dicas ótimas sobre onde se hospedar em Valencia!

Aproveito então para convidar você para se inscrever em nosso mailing VIP para receber nossos newsletters, e-books e conteúdos exclusivos! Basta preencher o formulário que está aqui. Não deixe de conferir também o perfil do Ultrapassando Fronteiras no FaceInstaPinterest e YouTube

Buy me a cup of coffee

O que você achou? Teria algum comentário?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.