Xàtiva: castelo, melhores passeios e comida

Xàtiva, situada na Comunidade Autônoma de Valencia, Espanha, é um passeio bem tradicional de quem mora na região. Porque é lá que todo valenciano faz um bate e volta para visitar o famoso castelo ou comer o delicioso arroz al horno. Confira então aqui o que ver e fazer em Xàtiva, além de diversas dicas para você aproveitar como um local!

História de Xàtiva, Valencia

Assim como Sagunto, Morella e Peñíscola, Xàtiva, na Espanha, tem importância histórica. Foi sede episcopal na época do Reino dos visigóticos, teve dominação muçulmana e, com a reconquista cristã, foi a segunda cidade do Reino de Valencia. Além disso, contou com renomados personagens: a família Borja, e o pintor Josep de Ribera, El Espagnoletto.

As ruas da cidade antiga de Xàtiva na Província de Valencia na Espanha
As ruas da cidade antiga de Xàtiva na Província de Valencia na Espanha

Xàtiva de Valencia tem também passagens pela Guerra de Sucessão. Um incêndio, ordenado por Felipe V de Burbon, ficou, ainda, marcado para sempre na história oral das famílias locais.

Dica importante para saber antes de ir!

Achei bem interessante que a cidade tenha um app e um site de Turismo bem completinho. Baixando eles, conseguimos não só acompanhar todos os pontos de visitação e nos localizar perfeitamente, mas também escutar os audioguias, recheando nossos ouvidos de cenas e histórias!

Castelo de Xàtiva

Sem dúvida o ponto mais famoso é o Castelo (ou Castillo) de Xàtiva, uma dupla fortaleza no topo de uma colina. Construído para proteção, oferece uma paisagem bem bonita para um vale. É dividido en el Castell Menor, construído sobre restos ibéricos e romanos, e Castell Major.

O jardim com vista para o Castelo de Xàtiva, na Comunidade Valenciana, Província de Valencia
O Castelo de Xàtiva e sem dúvida a principal e mais bela atração dessa cidade de Valencia

Sua arquitetura é resultado de uma colcha de retalhos das culturas que viveram ali. Começamos a observá-lo pelas muralhas e a porta, passamos por jardins, fontes e torres de origem islâmico e gótica. Se compararmos com Sagunto, veremos que está super conservado, aliás, mais que o de Morella e tão reformado como ocorre com Peníscola.

A bela vista do Castelo de Xàtiva

A visita pode ser feita em uma hora com tranquilidade. Mas, se você quiser programar um pique-nique e passar mais tempo, encontrará mesas no jardim! Ou seja, pode se tornar um passeio para uma tarde ou uma manhã toda em grupo!

Uma pena que este ano tivemos um verão atípico, de pandemia. Porque nos meses de julho são organizados concertos do Nits al Castell. Tenho muita vontade de ir! 

O que ver em Xàtiva além do Castelo

Ao pé do Castelo, próximo à Terraza San Joseph, encontramos uma série de atrações. Existem ruínas de outros castelos, igrejas, esculturas. Vale estacionar o carro e rodar um pouco por ali, explorando as atrações da Xàtiva antiga!

Mirador de Bellveret

Bellveret é um mirante da Serra Vernissa situado ao pé do Castelo de Xàtiva. De lá temos uma vista maravilhosa da cidade, com destaque para a catedral. O destaque fica para a escultura do artista Manuel Boix dedicada a la pilota valenciana, que é um jogo de bola típico e que me recorda a bocha. Com certeza está em todas as listas sobre o que ver em Xàtiva!

Mirador Bellveret com a escultura Bellveret e a vista para a cidade de Xàtiva
O Bellveret é um dos itens que não pode faltar na lista de o que ver em Xàtiva, em Valencia

Sant Feliu

É uma das igrejas mais antigas do Reino de Valencia, segundo o escritório de turismo da cidade diz em seu site. Isso porque foi construida en 1265, época de expansão do estilo gótico na região. A Sant Feliu está ao lado do Mirador de Bellveret, no que teria sido a antiga cidade romana de Saetabis. Foi construída em cima de onde estava a antiga catedral visigoda. Uma pena que não conseguimos entrar por estar fechada, pois as pinturas desse templo são bem famosas. Mas vimos a famosa porta romana!

Porta romana da Sant Feliu, em Xàtiva
Porta romana da Sant Feliu, em Xàtiva

Centro Histórico

Eu me surpreendi andando no Centro de Xàtiva! Ele foi declarado Conjunto Histórico e Artístico em 1982, ano em que nasci! Aqui destacamos a Colegiata o Seu, el Hospital Reial, igrejas de Sant Josep e Santa Anna, Sant Pere e de Sant Francesc, a Plaça de la Trinitat e o ex-convento de Sant Domènec. Adicionalmente, vale mencionar a casa do papa Alejandro VI e os palácios da nobreza, incluindo dos Borja. Confira então abaixo os meus destaques do que fazer e ver em Xàtiva, na Espanha!

Colegiata

Esse é o símbolo desse destino e abriga uma coleção de arte sacra. Eu fiquei apaixonada pelo relógio e como a torre toca cada canto da paisagem do Centro Histórico.

Torre da Colegiata de Xàtiva em Valencia
Torre da Colegiata de Xàtiva em Valencia

Hospital Reial

Esse é outro endereço marcante da lista do que fazer em Xàtiva! Um marco da arquitetura dessa comunidade no século XVI, traz belíssimos adornos, especialmente na porta de entrada. Ele foi fundado como hospital real por Jaume I, em 1244, mas reconstruido séculos depois. Por mais que seja gótico, vemos já elementos renascentistas.

Hospital Reial de Xàtiva, Espanha

Plaça de la Trinitat

Está rodeada de construções marcantes como o Palacio de Alarcón e o Convento de la Trinitat, onde hoje está o arquivo histórico municipal. A fonte de la Trinitat, do final do século XV, tem uma ponta octogonal e traz os escudos de Xàtiva e do Reino de Valencia. Dessa praça sai o Carrer Montcada, onde aa nobreza fez seus palácios. Não deixe então de andar por essa rua e observar as portas, janelas, varandas e brazões.

A Plaça de la Trinitat foi um nobre endereço de Xàtiva

Se você quiser ver rotas temáticas, no site do órgão de Turismo você vê a da cidade antiga, a das mil fontes e a dos Borja, família riquíssima do Renascimento e que atingiu a fama também por ter dois papas, Alfons de Borja (1456-1458) e Roderic de Borja (1492-1503). Vale, portanto, acessar para desenhar o trajeto que você quer fazer! E, ainda, acompanhado pela app que eles oferecem e me ajudou super a me localizar no mapa!

Botica Central de Xàtiva, da rota dos Borja
Um dos prédios mais lindos e parte da rota dos Borja

O que comer em Xàtiva, na Espanha

Como tradição da Comunidade Valenciana, terra da paella, Xàtiva é famosa pelo arroz: ao forno, caldoso, blanquet, entre outros. Sua cozinha mediterrânea, traz muitas hortaliças, verduras e frutas, além de um toque árabe também. Vale, ainda, destacar que os ajos tiernos estão em um processo para conseguir uma denominação de origem. 

Arnadis, doce de abóbora e amêndoa típicos de Xàtiva
Arnadis, doce de abóbora e amêndoa típicos de Xàtiva

Como sobremesa destaca-se o arnadí, que você precisa experimentar tanto quanto o arroz al horno! É um doce de abóbora ou batata doce com amêndoas. Imagine o doce de abóbora brasileiro que, em vez de coco, tem amêndoa. Delicioso, não é? Sua origem é árabe e eu gostei muito!

Onde comer em Xàtiva

Essas delicias todas você pode experimentar em alguns restaurantes. Pode ser no charmoso El Tunel ou então nos tradicionais Casa de la Abuela ou Els Porxes. O comércio e muitos bares e restaurantes estão nos arredores da Plaça del Mercat, um bom ponto para começar um passeio por Xàtiva! Outros, estarão na La Albereda, que é a via principal.

O lugar mais turístico e agradável é, contudo, a Terrassa Sant Josep, situada ao pé do castelo. O lugar faz jus à fama de mal humor e atendimento dos donos, por isso, se essa for sua opção, vá com uma dose extra de paciência. O interessante de lá, além da localização, é o astral e a delícia de ficar no jardim nos meses mais quentes do ano.

Mais dicas sobre a Comunidade Autônoma de Valencia

Você está na Comunidade Autônoma de Valencia ou está indo para lá? Não deixe então de conferir o tópico da Comunidade Valenciana aqui no blog! Moro em Valencia e sempre exploramos as cidades de região! Não deixe também de conferir aqui sobre praias belíssimas como Peñíscola, CalpeAlteaMoraira, Sagunto e Gandía. E, ainda, se quiser explorar outras cidades do interior, não deixe de ler sobre Villafamés e Morella! Cabe destacar também lago rosa de Valencia e a Albufera para comer uma deliciosa paella e conhecer os arrozais!

A Igreja de Santa Maria, uma obra prima gótica toda adornada e situada em Morella, na Espanha
A Igreja de Santa Maria, uma obra prima gótica toda adornada e situada em Morella, na Espanha

Além disso, não deixe também de assinar o newsletter do Ultrapassando Fronteiras e de nos seguir no Instagram, no YouTube, no Facebook e no Pinterest. Porque moro em Valencia e sempre tem novidade aqui sobre vida e viagem na Europa!

O que você achou? Teria algum comentário?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.