Febre amarela: onde tomar vacina e pedir certificado

A vacina contra a febre amarela é fundamental para visitar alguns destinos brasileiros, como a Amazônia. Além disso, é também obrigatória para ir países como Austrália, África do Sul, Barbados, Bolívia e Índia. Contamos então aqui onde tomar a vacina de febre amarela e como solicitar o certificado internacional para viajar com segurança e dentro das regras!

O que é febre amarela

Febre amarela é uma doença de origem infecciosa. É causada por um vírus transmitido pela picada de mosquitos que estejam infectados, ou seja, não passa de pessoa a pessoa. Entre os sintomas estão: febre com calafrios, forte dor de cabeça, nas costas e músculos, além de vômitos e fraqueza.

Prevenção da febre amarela: vacina

A vacinação é a forma principal de prevenção da febre amarela. No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) é quem a disponibiliza para a população. Décadas atrás, entretanto, era dada mais de uma dose. Eu mesmo tomei duas, uma anos aos 2000 para ir à Amazônia e outra nos 2010 para ir à Índia. Na época, o intervalo era de dez anos entre cada dose. Contudo, desde abril de 2017, o País adota apenas uma dose durante toda a vida, seguindo a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Onde tomar a vacina da febre amarela

A vacina da febre amarela está disponível, gratuitamente, em qualquer época do ano, nas unidades de saúde (Postos de Saúde do SUS), ou seja, nos postinhos da sua cidade, além dos centros públicos de infectologia como o Instituto Emílio Ribas de São Paulo. Mas atenção: ela deve tomada ao menos 10 dias antes da viagem para áreas de risco, especialmente, para quem foi vacinados pela primeira vez.

Certificado de vacinação

Após a aplicação, é importante então pedir o certificado de vacinação. Esse é um documento super importante que você deve levar na viagem, por isso, sempre deixo ele grampeado no meu passaporte!

A comprovação que você tomou a vacina, para fins internacionais, é feita com Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP). No Brasil, ele é emitido por serviços públicos e privados cadastrados pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Assim, quando tomar a vacina, guarde o certificado de vacinação, pois ele é o comprovante para pedir o Certificado Internacional. Você precisará então fazer um pré-cadastro no endereço https://civnet.anvisa.gov.br/cadastroViajante, clicando em “Cadastrar viajante” e depois se dirigir a um ponto de emissão do certificado. Em São Paulo, por exemplo, é possível emitir no Emílio Ribas. Basta então levar o comprovante de vacinação, o pré-cadastro e um documento pessoal, como RG ou CNH.

O Certificado pode ser emitido também de forma online e depois impresso em casa. Se escolher fazer online, cadastre-se no Portal de Serviços do Governo Federal e depois imprimir o documento. Importante: o prazo para obtenção do certificado de vacina de febre amarela pelo site é de 10 dias úteis. Como tomamos muito cuidado com as informações publicadas no blog, todos os dados que mencionamos aqui são das fontes oficiais referidas nos links!

Está preparando sua viagem? Não deixe de conferir nossos textos sobre seguro para o Espaço de Schengen e seguro viagem de cartão de crédito. E boa viagem!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.