Stilo, Calábria: roteiro de viagem no belo burgo

Era um feriado italiano e procurávamos algum lugar perto de Riace para conhecer em um bate e volta. Foi então que vimos que Stilo estava a meia hora de lá e parecia ser muito bonitinha. Não esperávamos, contudo, que ia ser um passeio e tanto! Confira aqui o que fazer em Stilo, na Calábria!

As ruas da charmosa Stilo, na Calábria
As ruas da charmosa Stilo, na Calábria

Stilo é uma comuna italiana situada no Norte da Calábria e considerada um dos burgos mais belos da Itália, pois está numa posição linda, no vale do Monte Consolino. O reconhecimento parece exagerado porque parece ser mais uma pequena cidade antiga da região. Eu me perguntava: por quê um vilarejo de 3 mil habitantes que tem tão pouca cobertura de turismo seria assim tão belo?

Stilo, na Calábria, é cercada de montanhas e tem uma topografia apaixonante!
Stilo é cercada de montanhas e tem uma topografia apaixonante!

Foi necessário chegar para entender. Conto então aqui um pouco sobre a história de Stilo, como chegar, o que ver, o que comer e porque é tão bela para você compreender antes de chegar lá!

A história e a geografia de Stilo

Stilo está situada a 440 metros do nível do mar e perto do parque natural da Serre. Vive, portanto, essencialmente da agricultura. De origem grega, foi o mais importante centro da Calábria meridional no período bizantino.

Um pouco mais da natureza e arredores de Stilo, na Calábria
Um pouco mais da natureza e arredores de Stilo, na Calábria

Fundada por volta do século VII com o nome de Magnogreca Kaulon e depois batizada de Stilida, Stilo está em uma região elevada e, portanto, oferece proteção e facilidade de ver quem se aproxima dela. É por isso que, do alto de seus montes, quando o tempo está limpo, enxerga-se até o mar, podendo acompanhar então quem vem pelo mar Jônico.

Atribui-se a fundação de Stilo à destruição da cidade de Kaulon por Dionísio de Siracusa, no império grego. Ela se tornou então um importante abrigo para os monges ortodoxos, que moravam nas cavernas.

Stilo, na Calábria, vista de uma das colinas
Stilo, na Calábria, vista de uma das colinas

Porque tinha uma posição estratégica, Stilo recebeu investimentos militares. Como resultado, lá encontramos o Castello Normanno, no sul do Monte Consolino, construído no século XI.

O que ver na sua viagem a Stilo na Calábria

Stilo é uma bela cidade vista tanto de baixo quanto de suas ruas e do alto. Basta começar a chegar por sua estrada sinuosa para então entender a beleza.

Pelas ruas da pacata Stilo, na Calábria
Pelas ruas da pacata Stilo, na Calábria

Nas ruas, encontramos diversas igrejas. Todas, contudo, têm bastante cheiro de umidade e mofo. Eu, consequentemente, não consegui ficar dentro delas por alergia.

A igreja de São Francisco de Stilo, Calábria

São simplesmente 18 templos religiosos! Mas fique tranquilo que contarei os principais destaques para te ajudar nas escolhas do que visitar.

Mas vamos antes falar das ruas de Stilo! Elas saem da praça principal, onde está a Chiesa de San Francesco e se desmembram em diversos becos bem charmosos, tipicamente calabreses!

Os becos charmosos de Stilo, na Calábria
Os becos charmosos de Stilo, na Calábria

Vemos inúmeras casinhas bege e amareladas, com acabamento muito simples, próprio, portanto, de uma região sem muitos recursos financeiros. É nessa simplicidade que está a verdadeira harmonia e magia do lugar! Portas pintadas, marcadas pelo tempo e de diferentes materiais anunciam a poesia de cada trajeto.

A catedral (Duomo) é bela por fora, mas bem simples e branquinha por dentro. Podemos vê-la de diversos locais, pois está em um ponto elevado da cidade.

A Duomo de Stilo, Calábria
A Duomo de Stilo, Calábria

No trajeto pelas ruelas encontramos a Fonte Gebia, ou Fonte dos Golfinhos, resultado da influência otomana, povo que chegou a invadir a região. A fonte representa dois golfinhos entrelaçados e foi restaurada recentemente, em 2016.

Fonte Gebia, ou Fonte dos Golfinhos, de Stilo
Fonte Gebia, ou Fonte dos Golfinhos

Como os monges buscaram cavernas naturais, encontramos no passeio uma bela gruta com uma simpática igrejinha com afrescos. Por fora, sinos antigos e uma cruz anunciam a existência de um templo. Para chegar, pegamos uma pequena trilha, mas não muito longa e nem difícil.

A capela situada em uma gruta para retiro dos monges de Stilo, na Calábria
A capela situada em uma gruta para retiro dos monges de Stilo, na Calábria

Ponto turístico mais visitado de Stilo

O principal ponto turístico de Stilo é a Cattolica, um pequeno templo greco-bizantino construído no século X. Ela é única, pois une o estilo bizantino clássico à cruz grega. Sua forma quadrada, as cinco cúpulas bem bolinhas e a cor de argila são, entretanto, totalmente diferentes de tudo o que já vi!

A famosa e minúscula Chiesa Cattolica de Stilo, um marco do período bizantino!
A famosa e minúscula Chiesa Cattolica de Stilo, um marco do período bizantino!

Para entrar, paga-se apenas 3 euros, um valor justo para conservação da igreja, cujos afrescos estão apenas parcialmente preservados. Pela idade, não lamento o estado das pinturas, pelo contrário, é uma maravilha poder ainda vê-las!

Afresco da Chiesa Cattolica de Stilo, Calábria
Afresco da Chiesa Cattolica de Stilo, Calábria

Abaixo da igreja, na mesma área de visitação fechada, estão as ruínas do antigo monastério pertencente à ordem da Cattolica. É um ótimo ponto para tirar fotos de Stilo, por isso, não deixe de aproveitar as cenas!

A vista de Stilo olhando de dentro das ruínas da Chiesa Cattolica
A vista de Stilo olhando de dentro das ruínas da Chiesa Cattolica

Ao sair da Cattolica, não deixe de parar no quiosque que fica perto da porta, pois lá eles vendem deliciosos gelatos e um panini calabrês maravilhoso! Um dos diferenciais é a venda do primeiro sorvete de bergamotto (uma fruta da família do limão). Se quiser experimentar o bergamotto, misture com outros sabores, pois ele é mais que amargo! Tomamos lá o sorvete e o suco e foi bem difícil de engolir! Um misto de azedo e sabão…

É nessa barraquinha em frente à Chiesa Cattolica que encontrará o primo gelato al bergamotto (primeiro sorvete de bergamotto)
É nessa barraquinha em frente à Chiesa Cattolica que encontrará o primo gelato al bergamotto (primeiro sorvete de bergamotto)

A Cattolica está nos arredores da Piazza Canovale, onde está uma escultura do filósofo Tommaso Campanella – autor de “La Città del Sole” -, personalidade a quem é dedicado o Museo Civico e que é nascido em Stilo.

Trilhas em Stilo

Caminhando pela cidade, se olharmos para o alto, vemos os resquícios de torres. São as ruínas do castelo-fortaleza Normanno, situado no topo do Monte. Um local, portanto, perfeito para observação!

No caminho para o castelo Normanno de Stilo
No caminho para o castelo Normanno de Stilo

Achamos que era fácil chegar e pegamos a estradinha até ele. No meio do trajeto encontramos alguns carros parados e decidimos seguir. Foi então que entendemos o motivo porque nem todos subiram: o trajeto é repleto de pedras e areia, além de ser bem íngreme, o que faz o carro deslizar. Com isso, ivemos de voltar de ré, morrendo de medo de cair no precipício!

Bem, com o carro parado, subimos até a trilha. Ela é longa, íngreme e com as mesma pedras soltas. Parecia que nunca ia acabar! Em alguns trechos madeiras estavam dispostas, mesmo assim não era fácil subir. É, portanto, um trajeto para quem curte trekking e está com calçado apropriado…. Não era nosso caso, mas chegamos inteiros!

A vista de Stilo do caminho para o Castello Normanno
A vista de Stilo do caminho para o Castello Normanno

O castelo estava ao fundo do terreno. A estrutura da fachada está preservada, mas por dentro está todo em ruínas. Ele foi destruído pelos franceses em uma batalha contra Carlos V, no século XVIII.

Parece que o castelo era utilizado como prisão política. Um lugar impossível de fugir, tendo em vista que as celas estavam embaixo do prédio, ao redor é um precipício e todos os presos tinham mãos e pés cortados. Credo!

As ruínas do Castello Normanno de Stilo
As ruínas do Castello Normanno de Stilo

Como já vi muitos castelos desse período que estão mais conservados, o grande destaque ficou para a vista! Se o tempo estivesse limpo, conseguiríamos ver até o mar Jônico!

Que souvenirs comprar em Stilo

Boa parte dos souvenirs de Stilo são de bergamotto, a fruta típica da região. Você encontrará chás, licores, sabonetes, óleos… Como eu não curti a fruta, não vi muito atrativo.

Bottega del Borgo de Stilo: melhor lugar para souvenirs
Bottega del Borgo de Stilo: melhor lugar para souvenirs

Achamos uma lojinha simpática com artesanato e alimentos da região que pode te interessar. É a Bottega del Borgo, onde são vendidas máscaras, vasos, molhos de pimenta, licores e muitas coisas de bergamotto!

Como chegar a Stilo

Para quem vai de carro pela A3, pegue a Jonio-Tirreno, que passa por Gioiosa Jonica, e percorra a SS106. A estrada é muito lindinha! Era primavera e ela estava toda florida!

Um pouquinho mais das ruas de Stilo para vocês!
Um pouquinho mais das ruas de Stilo para vocês!

A estação ferroviária é a Monasterace-Stilo e em alguns dias da semana trens saem de e para Roma e Nápoles. O aeroporto mais próximo é o de Reggio Calabria, a umas 2h30 de carro de Stilo.

Stilo não é o principal destino do Sul da Itália. Mas se estiver passando perto, não deixe de desviar! A cidade vale a visita!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.