Château d’Amboise, Vale do Loire: viagem com vinho, jardim e Leonardo Da Vinci

Amboise é uma cidade do Vale do Loire a 100km de Orléans, 30km de Blois e de Tours e 18km de Chenonceau. Hoje é uma pequena vila turística, mas já foi residência da corte real francesa no auge do Renascimento, época de Carlos VIII e François I. Inúmeros intelectuais e artistas se hospedaram no Château de Amboise a convite dos reis. Um deles foi Leonardo da Vinci, que lá faleceu. O artista está até hoje enterrado na capela do castelo.

Bate e volta a partir de Paris: Château de Rambouillet

O Château de Rambouillet é uma antiga residencial real. Foi também, entre 1896 a 2009, residência presidencial de verão. O castelo, situado na cidade que de mesmo nome, no sul dos Yevelines, está cercado por um belo parque de 100 hectares, no coração da Floreste de Rambouillet. Estive lá num dia de outono e pude passear no jardim e fazer a visita guiada!

Paris para iniciados: Château e Bois de Vincennes

O Castelo – ou Château – de Vincennes é um palácio cercado por muralhas construído entre os séculos XIV e XVII. Hoje é o mais importante castelo-forte Real francês que restou de pé e está ocupado pela armada. Foi projetado a pedido do Luiz VII, mas seus sucessores Felipe II e Luiz IX o ampliaram e Felipe VI o fortificou, tornando essa estrutura como a mais importante do tipo da Europa medieval. São mais de 50 metros de altura e mais de um quilometro de perímetro.