Almeria, Andaluzia: destino de viagem promete estourar

Almeria é uma província da famosa comunidade autônoma Andaluzia, na Espanha. Diferente das suas vizinhas Granada, Córdoba e Sevilha, ela ainda é pouco explorada pelo turismo. Mas isso está começando a mudar! Se você é como eu, ou seja, gosta de conhecer os lugares antes de estourarem, esse é um destino para você colocar na lista! Conto então aqui o que fazer, como chegar em onde se hospedar na sua viagem à Almeria!

Alcazaba de Almeria visto por fora
Alcazaba de Almeria visto por fora

Uma visão geral da província de Almeria

O município de Almeria, capital da província que leva o mesmo nome, tem população de quase 200 mil habitantes. Está situada no litoral, já perto da África, mas não é a praia o principal atrativo, até porque é um praião de cidade. A mais importante marca que o mar traz está no porto, de onde saíram e entraram muitas riquezas e levou muitos povos à região, como tartesos, fenícios, gregos…

Pelas ruas do centro antigo de Almeria
Pelas ruas do centro antigo da cidade de Almeria que lembram a arquitetura colonial brasileira

Destaques para a viagem à província de Almeria

A província, contudo, diferencia-se, contudo, de todo o continente europeu. Isso porque é muito árida e onde encontramos o famoso Deserto de Tabernas, que serviu de cenário a filmes de faroeste.

O contraste de bege é o que marca todo o parque do Deserto de Tabernas
O contraste de bege é o que marca todo o parque do Deserto de Tabernas

Em Almería também está um dos parques nacionais mais lindos da Espanha e também pouco explorado pelo turismo: o Parque Nacional Cabo de Gata. Tivemos oportunidade de passar uma semana na região e simplesmente nos apaixonamos pelas praias isoladas e super preservadas que o parque oferece!

Uma das belas praias de Cabo de Grata, Almeria
Uma das belas praias de Cabo de Grata, Almeria

Além disso, outro ponto da província que vale destacar é Níjar, um povoado de origem moura no qual são produzidas belas cerâmicas. E também Mojácar, um pueblo branco bem charmoso onde, segundo uma lenda, Walt Disney teria nascido.

A beleza singela das flores e o branco que vimos na viagem à Mojácar, Almeria
A beleza singela das flores e o branco que vimos na viagem à Mojácar, Almeria

A história e a cultura de Almeria

Assim como toda Andaluzia, Almería viveu influência árabe e também de reis católicos. Aliás, Almería vem de Al-Miraya, que é espelho do mar. E a cidade foi fundada, no século IX, por Abd-Al Rahman III em uma época de invasões árabes em diversas regiões da Península Ibérica. Só no século XII que tropas cristãs desmantelaram a cidade.

Detalhes das construções do porto de Almeria
Detalhes das construções do porto de Almeria

Mas o que a irá diferenciar, além do deserto, é o fato de ter passado, em 1522, por um terremoto, que destruiu diversas construções. Dessa forma, o centro de Almería é peculiar: a arquitetura do século XVI, presente no centro antigo, nos lembra as construções coloniais brasileiras e somente uma parte dos monumentos mais antigos foi reconstruída.

Adoramos desvendar as ruas do centro na viagem à Almeria
Adoramos desvendar as ruas do centro na viagem à Almeria

O que fazer na viagem à Almeria (capital)

Alcazaba e Mulralha de Jairan

O mais importante ponto turístico da cidade é, sem dúvida, La Alcazaba, a maior fortaleza e maior palácio do período sob o domínio árabe na Andaluzia. Por mais que sua importância seja maior do que Alhambra, como ela foi impactada pelo terremoto, a Alcazaba perdeu importância turística em relação às demais construções do período árabe na Andaluzia. Uma alcazaba era uma minicidade: servia de residência do governante, tinha mesquita, banhos e as suas muralhas eram uma proteção. Foi então entorno dela que Almería cresceu.

Vista da ponta do complexo para toda a parte interna da Alcazaba
Vista da ponta do complexo para toda a parte interna da Alcazaba

Hoje, para o turismo, La Alcazaba é o símbolo da cidade, mas é tida como deboche pelos moradores, tendo em vista que sua reconstrução tem algumas peculiaridades. Durante sua reconstrução foram desenvolvidos elementos que, segundo historiadores, seriam infactíveis com a época e o uso. Assim, há quem brinque dizendo que a alcazaba da Disney é mais próxima da realidade do que o produto final da restauração de Almeria.

A fonte é um dos detalhes criados na reconstrução da Alcazaba
A fonte é um dos detalhes criados na reconstrução da Alcazaba

Um complexo histórico

Quem construiu La Alcazaba foi Abderramán, o taifa (rei) de Almeria, no século XI e no período cristão ela passou por adaptações, sendo que uma delas que transformou a mesquita em igreja. Ao lado dela está a Muralha de Jairan, construída no século XI por Jairan, que era líder de Almería. Em suas ruínas já foram produzidos alguns filmes, como Mulher Maravilha e Indiana Jones.

A muralha de Jairan: do ponto superior foi filmado "A Mulher Maravilha"
A muralha de Jairan: do ponto superior foi filmado “A Mulher Maravilha”

É possível fazer a visita guiada ao local, que no começo é bem interessante, mas pegamos um guia que fala demais sobre amenidades e o passeio começou a durar três vezes mais do que o necessário. Por isso, deixamos o grupo depois de 1h e concluímos o tour sozinhos.

De cima da Alcazaba temos uma bela visão do centro e da região portuária
De cima da Alcazaba temos uma bela visão do centro e da região portuária

Catedral de Almería

A Catedral de Almeria foi construída no século XVII, ou seja, depois do terremoto. Aliás, foi originalmente uma mesquita e depois reconstruída como igreja. O estilo arquitetônico apresenta então elementos góticos e renascentistas. Ela não só parece uma fortaleza por conta de suas lindas torres, como também serviu como uma, protegendo a população de saques e piratas. Ela está no Centro Antigo e pertinho do Alcazaba. Pode, portanto, ser vista antes ou depois do principal ponto turístico da cidade. 

A praça da Catedral de Almeria é um local encantador pela arquitetura tão diferente
A praça da Catedral de Almeria é um local encantador pela arquitetura tão diferente

Tapeado

Pertinho dali está uma série de bares e restaurantes cujo foco é o tapeado, ou seja, a ideia é comer tapas maravilhosas! Para isso, existe uma deliciosa ruta (rota) de tapas entre a Calle Real e a Calle Jovellanos. Dentre os estabelecimentos que se destacam estão Casa Puga, De tal palo, Él vino en un barco, La Plazuela e Nuestra Tierra. Não deixe de garantir a sua reserva, pois eles simplesmente lotam! Confira no Guia Repsol a resenha deles, pois a matéria está ótima!

Os frutos so mar precisam ser experimentados na sua viagem à Almeria!
Os frutos so mar precisam ser experimentados na sua viagem à Almeria!

Áreas badaladas de Almería

A Plaza de la Constitución é um dos pontos de encontro dos locais e sempre está movimentada. Mas se quiser ir à área comercial, vale passar pelo Paseo de Almería, onde encontrará o Mercado Municipal e algumas das melhores lojas da cidade.

Arredores do Paseo de Almeria
Arredores do Paseo de Almeria

Na Puerta de Purchena encontramos diversos edifícios históricos, como a Casa de las Mariposas, a estátua de Nicolás Salmerón e a fonte Cañillo.

Mais da região do Arredores do Paseo de Almeria
Mais da região do Arredores do Paseo de Almeria

Museu de destaque para a viagem à Almeria

Almeria foi bastante marcada pela Guerra Civil, pois foi a última capital a cair nas mãos dos franquistas. Por isso, sofreu mais de 50 bombardeios. Para proteger a população foram construídos abrigos subterrâneos, que podem ser hoje visitados no Museo Refugios de la Guerra Civil. O prédio já é um passeio, pois a arquitetura é bem diferente!

Encontramos numa travessa do Mais da região do Arredores do Paseo de Almeria essa calçada da fama com os artistas que filmaram na cidade
Encontramos numa travessa dos Arredores do Paseo de Almeria essa calçada da fama com os artistas que filmaram na cidade

Porto

O porto de Almeria não tem tanto glamour hoje, mas já foi um ponto importante de trocas de produtos com a Africa, pela proximidade com o continente. Hoje é interessante passar por ali para ver o porto da avenida costeira e seguir caminhando até El Aquife, também conhecido como Cable Inglés. Trata-se de um exemplo da chamada arquitectura de hierro que, goste ou não do estilo, não deixa de ser diferente.

Região do Porto de Almeria
Região do Porto de Almeria

Praia

Mais distante da Alcazaba, do Paseo Alameda e do Porto está a região da praia. Lá você encontrará uma oferta maior de hotéis, mas se decidir se hospedar lá ficará longe dos pontos mais interessantes, o que não vale à pena, pois a praia da cidade de Almeria é bem sem graça. É um praião cheio de prédios e lotada. Para quem é de São Paulo, lembrará de muitas cidades do litoral sul paulista. Assim, minha recomendação é que fique num ponto mais central e desfrute na viagem à Almeria de praias mais distantes, na bela reserva de Cabo de Gata.

O praião da cidade de Almeria: a melhor opção da região é ir ao Parque Nacional de Cabo de Gata
O praião da cidade de Almeria: a melhor opção da região é ir ao Parque Nacional de Cabo de Gata

Onde se hospedar em Almeria

Entre os melhores custos-benefícios que encontramos na pesquisa para a viagem à Almería estão os hotéis Torreluz Senior, Nuevo Torreluz, AC Almeria – Marriott Lifestyle, Avenida Hotel, Catedral Almeria, La Perla e NH Ciudad de Almeria. Como nosso objetivo era ficar apenas uma noite na cidade e investir mais em hospedagens em Cabo de Gata, desse grupo, selecionamos a opção com boa localização que ficava mais em conta na soma diária + café para dois + estacionamento.

A bela vista do rooftop do Nuevo Torreluz | Foto: Booking

O resultado de nossa análise foi o La Perla, saindo do qual fizemos tudo a pé e teve a localização perfeita! O hotel está reformado, o quarto é honesto e novo e o café da manhã estava bom na medida. Um duas estrelas que pode passar por um três – ou até perto de um quatro estrelas – por estar arrumadinho e ter um café razoável. O estacionamento não é do hotel, eles têm uma parceria, mas não vimos qualquer problema nisso.

O quarto que ficamos no La Perla era bem assim mesmo | Foto: Booking

Se nosso objetivo de viagem à Almeria fosse relaxar e ficar num hotel diferente, eu escolheria o AIRE Hotel & Ancient Baths, que tem uma piscina em um rooftop com vista para a Alcazaba, além de oferecer um SPA com banhos árabes e massagens. Passamos pelo bar do hotel e gostamos bastante do que vimos das instalações do bar, da recepção e dos banhos.

Achei incrível a vista e a piscina do AIRE | Foto: Booking

Está programando uma viagem à Almeria? Não deixe de ver nossos textos sobre, Mojácar, Níjar e o Deserto de Tabernas!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.