Comunidad Valenciana Destinos Espanha

Museu das Ciências Príncipe Felipe, Valencia

Vale a pena ir ao Museu das Ciências Príncipe Felipe, de Valência, Espanha? O que tem lá? Conto sobre ele para ajudar a planejar a visita!

O Museo de las Ciencias Príncipe Felipe, em português, Museu das Ciências Príncipe Felipe, situado em Valencia, Espanha, faz parte do complexo da Cidade das Artes e das Ciências, no qual está também situado o incrível Oceanário, com o maior aquário da Europa. Mas vale a pena ir? O que encontrará lá? Conto aqui um pouco mais sobre ele para ajudar você a planejar a visita em sua estada em Valencia!

Ciência e arquitetura se unem no Museu Príncipe Felipe de Valência, Espanha

História do Museu das Ciências Príncipe Felipe

Dirigido pelo escritor Manuel Toharia, o Museu das Ciências Príncipe Felipe, de Valência, Espanha, está em um prédio lindo construído por Santiago Calatrava e aberto ao público em 13 de novembro de 2000. Com mais de 40 mil metros quadrados de construção e 8 mil de superfície de exposições, sua estrutura foi desenhada para que se parecesse com o esqueleto de uma baleia.

O que você encontrará no Museu das Ciências de Valencia

Os temas mudança climática, corpo humano e biometria, universo e expedições a outros planetas são abordados pelas exposições. Eles estão divididos em três andares, em salas ou áreas abertas. A proposta é ser interativo, pois o lema do Museu das Ciências Princípe Felipe de Valencia, Espanha, é “proibido não tocar, não pensar, não sentir”.

O terceiro andar do Museu das Ciências de Valência, Espanha
O terceiro andar do Museu das Ciências de Valencia, Espanha

Uma atração para crianças pequenas

No geral, acho um passeio para crianças bem pequenas. Como museu já tem quase duas décadas, de lá pra cá muita coisa mudou na tecnologia. Com isso, a noção de interatividade que temos hoje não está tão alinhada com a da atração. Contudo, para quem tem crianças pequenas pode ser mais interessante. Estive com uma amiga no Museu das Ciências Príncipe Felipe Valência e, por isso, ele não nos atraiu tanto.

Divisão das atrações no espaço do museu

No primeiro andar, temos um espaço dedicado às fábulas, com áreas bem infantis que revelam a história da Cinderela, Alice no País das Maravilhas, Pinóquio, entre outros. Também é possível ver o nascimento de pintinhos e um espaço que simula um formigueiro. Essa é, portanto, a parte mais infantil. Podemos, ainda, conhecer estudos sobre a lua e marte e pesquisas de linguística.

Crianças podem interagir com contos de fada no Museu das Ciências Príncipe Felipe de Valencia, Espanha

No segundo andar, conhecemos o trabalho de três Prêmio Nobel: Santiago Ramón y Cajal, Severo Ochoa e Jean Dausset. Mas essa parte é bem fraquinha, parece um museu dos anos 80. É, portanto, bem diferente do primeiro piso, no qual os elementos da ciência se fundem com a arquitetura, formando belas cenas.

Por fim, encontramos o Exploratorium, sobre fenômenos científicos e, ainda, uma escultura do DNA bem bonita com 15 metros de altura. Lá está também o Pêndulo de Foucault, com 34 metros e preso ao teto, um dos maiores do mundo. Também vemos “Gravidade Zero”, um vídeo realizado junto com Agência Espacial Europea (ESA) que nos apresenta fenômenos do universo, e um simulador, mas que fecha cedo e eu não consegui ver.

O belo DNA gigante no Museu das Ciências de Valência
O belo DNA gigante no Museu das Ciências de Valência

Aulas experimentais

Um diferencial são as aulas experimentais, que não ocorrem o dia todo, por isso, é importante você se programar para ir antes das 15h. Nelas, demonstrações participativas ocorrem sobre os princípios científicos básicos. Elas são então interessantes para crianças do Ensino Fundamental.

Informações práticas

O Museu de Ciências Príncipe Felipe, de Valencia, Espanha, está na Cidade das Artes e Ciências de Valencia. O horário de funcionamento varia de acordo a época do ano e o dia da semana. Assim, pode funcionar das 10h às 18h (durante a semana na baixa temporada) e das 10 às 21h (alta temporada). Os horários detalhados estão aqui. A entrada inteira custa 8 euros, mas pode ter desconto se você comprar um pacote com o cinema IMAX, o Oceanário ou outra atração.

O túnel incrível do Oceanário, o maior aquário da Europa também está no complexo

Para chegar, você pode ir de bicicleta, a pé (gosto bastante de fazer tudo a pé na cidade), ou então nos ônibus, por exemplo, 1, 15, 95 ou 190. As linhas 5, 6 e 7 chegam perto, mas você precisa andar um pouquinho, mais de 1km.

Onde comer e comprar lembranças

Caso queira levar souvenires, dentro desse museu da Cidade das Ciências de Valencia existem duas lojas interessantes com brinquedos temáticos, livros, cadernos, canetas, etc. Contudo, se quiser comer, você encontra ali uma cafeteria com varanda exterior, o restaurante Museo Trattoria, que mistura pratos italianos à cozinha espanhola, bem como o restaurante de alta gastronomia que está dentro de um aquário do Oceanário.

Não deixe de ler no blog sobre o impressionante Oceanário de Valencia, o maior da Europa!

A Cidade das Artes vista do rooftop do hotel Barcelo Valencia
A Cidade das Artes vista do rooftop do hotel Barcelo Valencia

Gostou? Moro em Valencia e, por isso, sempre tem novidade por aqui!

Não deixe então de ler sobre:

%d blogueiros gostam disto: