O que fazer em Belfort, França

Quem mora no interior da Europa acaba visitando diversas pequenas cidades como programa nos finais de semana. E esse também foi meu caso! Cada uma delas, entretanto, costuma ter uma ou outra atração. É por isso que, quando vamos a um novo local, supomos que vamos almoçar, dar uma volta nas ruas e não teremos muito mais a ver. Essa regra, contudo, eu revi depois de conhecer Belfort ou, em português, Belforte. Explicarei aqui o motivo, bem como o que fazer em Belfort, França !

Uma visão geral de Belfort

Belfort é capital de um território da França que leva esse mesmo nome. Fica na Franche-Comté, área de fronteira com a Suíça que tem 50 mil habitantes. Assim, está perto da Alsácia. Mas, diferente do que muitas pessoas pensam, não é parte dessa região.

Belfort
Cidade de Belfort, França

O território de Belfort ganhou esse status oficial em 1982, após a publicação das leis que criaram as regiões e as coletividades territoriais. Assim, é hoje o menor departamento da França. Está cercado de montanhas e é procurado para o ecoturismo ou esportes ao ar livre.

Como foi marcada pela resistência na guerra franco prussiana e tinha localização estratégica de defesa, conservou sua Cidadela (Citadelle de Belfort) e muralhas, que datam do século XVII. Cidadela é o termo para denominar fortalezas ou fortificações construídas em um ponto estratégico com objetivo proteção da cidade. E é bem nessa fortaleza que reside a maior beleza da cidade.

Cidade de Belfort, França
Citadelle de Belfort, um passeio gratuito e marcante

O que fazer em Belfort, França

Cidadela de Belfort

Basta entrar no centro da cidade para se avistar, no alto, a Cidadela. Ingressamos pela porta Brisach, marcada com o brasão da realeza e então vemos, ao começar a subir, o famoso leão (Lion de Bartholdi), uma enorme escultura em pedra feita nos anos 1870. Aliás, dizem que o leão da Praça Denfert-Rochereau, em Paris, é uma réplica desse e que o objetivo é proteger a cidade.

IMG_3580
Lion de Bartoldi no alto de Belfort

A cidadela em si é um belo passeio, pois além de conservado, pode-se passear, gratuitamente, por todo o monumento. O ingresso só é pago então para entrar no museu. Do topo dela podemos ver toda a cidade e tirar belas fotos.

Há também um museu e um restaurante muito agradável para uma parada durante o passeio. Eu aproveitei para tomar um sorvete lá e me refrescar do calor que fazia, potencializado pela íngreme subida.

Como fui de trem para a cidade e me desloquei lá só a pé, eu fiz uma subida completa na fortaleza, mas é possível passar um bom trecho de carro. O que me surpreendeu é que o local estava repleto de crianças pequenas, cachorros e famílias, como um passeio de tarde de um sábado.

Outras atrações de Belfort, França

Entre outras atrações estão a Catedral de São Cristóvão e a Praça da Grande Fonte. As ruas do centro são também simpáticas, com bastante comércio em comparação ao tamanho da cidade. A cidade tem ainda o Museu de Belas Artes, o Museu de História, o de Arte Moderna e a Torre 46, mas eu não despenderia tempo com eles.

IMG_3572
Praça em Belfort, Bourgogne Franche-Comté

Se estiver passando perto de Belfort, vale dar uma desviadinha e subir de carro até a Cidadela! Essa sim é a principal atração e se destaca com relação às cidades vizinhas!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.