Cafeteira italiana: como usar Bialetti ou moka como na Itália

Uma das maiores marcas de ter morado na Itália foi o hábito de usar a cafeteira italiana. A casa em que eu vivi tinha quatro cafeteiras Bialetti e, quando cheguei, nem entendi o porquê de ter tantas! Mas hoje posso dizer que fiquei experiente no tema e te ensinarei a usar a sua para fazer o melhor moka! E, ainda, saberá quais são as técnicas e acessórios que farão toda a diferença ao usar a Bialetti ou outra cafeteira moka!

O que é uma cafeteira italiana

Antes de mais nada, é importante te explicar o conceito da cafeteira italiana, também conhecida como moka. Trata-se de um utensílio à pressão, uma cafeteira que prepara o café por meio do vapor! Ela foi patenteada por Alfonso Bialetti, especialista em fundição e em alumínio semi-acabado da região de Piemonte, na Itália. Em sua empresa, chamada Bialetti, foi criado, nos anos 1930, um modelo de cafeteira criada na Itália e de metal que foi então denominada Moka Express.

A Bialetti "Moka Express" é a cafeteira italiana original
A Bialetti “Moka Express” é a cafeteira italiana original | Foto por Christian Naccarato em Pexels.com

Segundo o blog UCofee, o nome Moca significa Iémen, que é de onde se produzia bons cafés. Ainda de acordo com eles, o design criado pela marca Bialetti significa a silhueta das mulheres. Inspira-se, ainda, na observação de seu criador delas lavando roupa no tanque, que recebia água por meio de um cano central. Dessa maneira, a água da cafeteira italiana, ao seu usada, entra em ebulição e sobe até o tanquinho.

Uso da Bialetti no mundo

Hoje, se usa a cafeteira moka em toda Europa, mas também em diversos lugares do mundo. São diversos tamanhos que se fazer café na Bialetti com capacidade para 1 a 18 xícaras de café de 50 ml. Também existem hoje diversas outras marcas de moka, mas eu, como uma boa italiana e fã da invenção original, acho a cafeteira Bialetti a melhor!

Hoje a cafeteira Bialetti ficou conhecida como a cafeteira italiana, ou moka, e conquistou o mundo
Hoje a cafeteira Bialetti ficou conhecida como a cafeteira italiana, ou moka, e conquistou o mundo | Foto por JACK REDGATE em Pexels.com

Nesse processo de fazer café na Bialetti ou em outra moka, é colocado o grão moído dentro no funilzinho e água em um recipiente na parte baixa da cafeteira italiana. Ao ser colocada sob o fogo, a água entra em ebulição e pressiona o café – por isso, é considerada uma cafeteira de pressão – para a parte de cima da cafeteira, conhecido como recolhedor. Resulta então em um líquido muito aromático, saboroso e encorpado, um pouco semelhante ao expresso.

Que tamanho de cafeteira italiana usar

Como comentei, quando cheguei à Itália, quando morei na Calábria, não entendi o motivo de terem várias cafeteiras Bialetti na casa que aluguei. Na verdade, eu nunca tinha feito café numa moka e nem sabia como usar a cafeteira italiana! Mas depois entendi que o melhor resultado se obtém quando se usa a cafeteira italiana para fazer a exata quantidade da capacidade dela!

Os três modelos de cafeteira Bialetti que uso em casa
Os três modelos de cafeteira Bialetti que uso em casa

Essa xícara da foto tem mais capacidade do que um café italiano, pois o tradicional é bem curtinho. Com o tempo, percebi que eu tomo um café italiano duplo e o meu marido também. Com isso, a quantidade para cada é de 2 xícaras. Se eu for fazer café na Bialetti só para mim ou meu marido só para ele, preciso usar a primeira cafeteira italiana da foto, que é a para 2 xícaras.

Entretanto, se formos fazer para os dois, precisamos da última cafeteira italiana, que é de 4 xícaras, do modelo Moka Express. Às vezes, queremos uma quantidade menor, por isso, temos uma versão no meio do caminho, que é de 3 xícaras modelo Rainbow (colorida) e dá um pouco menos para cada um.

Nossas Bialetti favoritas

A que dura mais, na minha opinião, é a original Moka Express, afinal, ela tem quase uma década de história! Mas, sem dúvida, existem outros modelos mais lindos, como essa pequenina que tenho, que é uma Bialetti Inox e enferruja menos, mas dizem que entope mais.

Optei por ter uma cafeteira italiana da marca Bialetti de inox porque é mais bonita e queria testar
Optei por ter uma cafeteira italiana da marca Bialetti de inox porque é mais bonita e queria testar

Primero passo para usar a cafeteira italiana

A água é elemento fundamental para qualquer bom café, afinal, mais de 90% dele é água. Com isso, sempre utilize água mineral com pouco sódio. Além disso, nem pense em usar água filtrada em casa. Isso porque o cloro interfere muito no sabor! Aqui na Europa as águas costumam ter muito sódio e calcário, por isso, preciso olhar bem o rótulo antes de escolher a marca que usarei para fazer café na cafeteira Bialetti.

A qualidade da água interfere diretamente na hora de usar a cafeteira moka
A qualidade da água interfere diretamente na hora de usar a cafeteira moka | Foto por Suzy Hazelwood em Pexels.com

Separe um café de qualidade, preferencialmente, arábica

Assim como a água, a qualidade do café é fundamental para ter o melhor proveito da moka. Com isso, opte por cafés especiais ou 100% arábica. Lembre-se sempre de que um café ruim não tem como virar um bom líquido por mais que você invista na melhor técnica e a melhor cafeteira italiana! Além disso, a torra recente muda muito, por isso, confira essa informação no rótulo! Sempre levamos café do Brasil quando visitamos a família, sendo que nossas marcas favoritas são Orfeu, Santa Mônica e Pessegueiro. Aqui acabamos comprando os italianos, como Segafredo, Illy e Lavazza Oro, mas meu favorito é o Mauro, que é da minha Calábria e mais difícil de encontrar.

O grão tem impacto direto no sabor o café feito na moka
O grão tem impacto direto no sabor o café feito na moka | Foto por Arshad Sutar em Pexels.com

Confira a moagem apropriada

Também é importante saber a moagem correta para a cafeteira italiana, que é média. Ou seja, não é muito fina para não obstruir a água. Mas também nem super grosso, para não deixar o café fraco. No começo, eu usava a cafeteira italiana com café já moído. Com o tempo, percebemos que tinha uma diferença enorme em moer e então, depois de pesquisar bastante, optamos por comprar um moedor manual. A escolha foi pela marca Hario pela qualidade do material e durabilidade, especialização da marca no mercado de café, possibilidade regulagem e precisão da moagem, além do espaço que ocupa, pois os eletrônicos super bons são enormes. Outra vantagem do Moinho Manual para Café HARIO Modelo Skerton Preto 100 g é que ele tem um vidrinho onde o café moído fica armazenado e você pode usar o pó em outro dia.

Mas também avaliamos uma versão elétrica com bom custo-benefício e boas resenhas nos blogs especializados UCoffee, Grão Gourmet e Grão Torrado. É o Moedor de Café Ajustável, Preto, 110v, Hamilton Beach.

Como colocar o café na cafeteira italiana

Separado o café moído, encha o funil da sua cafeteira moka. Coloque então o pó até o nível mais alto do funil, mas sem deixar café na borda para não ir estragando o rosqueamento da cafeteira italiana. É importante também não compactar o pó, ou seja, não aperte, não pressione.

Se ficar pó na borda do funil ou nas áreas de rosqueio, como na foto, ao longo do tempo você terá problemas ao usar a Bialetti
Se ficar pó na borda do funil ou nas áreas de rosqueio, como na foto, ao longo do tempo você terá problemas ao usar a Bialetti

O melhor jeito é colocar com uma colher ou um medidor, pois se enfiar o próprio funil na embalagem você irá compactá-lo. Cabe destacar que o funil já vem junto com a Bialetti, mas você pode comprar um novo na Amazon, se precisar, atentando-se ao tamanho.

Como colocar água para usar a cafeteira italiana

Escolhida a água sem cloro e baixo sódio ou calcário, encha a sua cafeteira moka com água até a medida da válvula de segurança, situada na parte mais debaixo da cafeteira, chamada de caldeira. A válvula serve, portanto, de marcação de limite d’água na hora de fazer café na Bialetti. Um truque é esquentar antes a água e colocá-la já quente nessa parte. Isso ajuda a não queimar o café e torna o preparo mais rápido.

Outra dica é colocar um pouco – mas bem pouquinho mesmo, gotículas – de água fria no recolhedor (a área superior) da Bialetti. Assim, quando o café subir, ele não queimará ao ao entrar em contato com o metal quente.

Deixar a cafeteira italiana preparada com essas dicas antes de colocá-la no fogão fará toda diferença no seu moka
Deixar a cafeteira italiana preparada com essas dicas antes de colocá-la no fogão fará toda diferença no seu moka | Foto por Kaboompics .com em Pexels.com

Como colocar a cafeteira Bialetti no fogão e hora correta de tirar

Como usar a Bialetti depois que já colocou tudo dentro? Simplesmente coloque a cafeteira italiana em fogo médio, pois muito forte poderá deixar o café queimado! Deixe a moka ali, com a tampa aberta. Sério mesmo, sem fechá-la. Mas não saia de perto! Fique sempre ao lado da cafeteira moka. Vá então, de vez em quando, checando se a água vai sair. Assim que o café começar a subir para o recolhedor, feche a tampa da cafeteira italiana. Quando começar a fazer shhhhh, que é o vapor saindo com mais força no final, desligue o fogão e retire a cafeteira moka! Essas são dicas que também fazem muita diferença ao usar a Bialetti. Ao fazer café na Bialetti sem desligar o fogão na hora que a água subir, você deixará o líquido com sabor de queimado!

Como lavar a cafeteira depois de fazer café na Bialetti

Essa é uma etapa fundamental para a conservação da cafeteira italiana. Depois que a moka esfriar, lave-a bem somente com água quente. Não use produtos químicos, como detergente, pois eles podem alterar o sabor dos próximos cafés. Também não use bucha para evitar tirar a proteção dos metais, mas passe bem a mão em todas as superfícies, de todas as partes, para tirar todo o resíduo da bebida e do pó, especialmente, no funil e no recolhedor.

Saber como lavar a cafeteira italiana é essencial: aqui em casa usamos esse escorredor para garantir que toda a água evapore naturalmente
Saber como lavar a cafeteira italiana é essencial: aqui em casa usamos esse escorredor para garantir que toda a água evapore naturalmente

Há gente que diz para não lavar a moka, mas não faça isso! O café produz óleos que, ao longo do tempo de uso da cafeteira italiana, estragam o metal e criam fungos e bactérias. Após lavar, deixe a Bialetti então secar naturalmente, com a bocas das partes viradas para baixo. E nunca guarde com resquício de água, pois já aconteceu da minha moka criar fungos dentro!

Acessórios para cafeteira italiana

Aqui na Europa, hoje em dia, a maior parte das casas têm fogão com placa elétrica, chamado no Brasil de indução. A Bialetti original foi criada para o fogão a gás. Assim, se o seu for elétrico e a cafeteira italiana não for própria para ele, você pode procurar uma plaquinha da própria marca para colocar embaixo da cafeteira italiana. Aqui em casa fazemos uma gambiarra e colocamos a Bialetti dentro de uma panelinha para poder usar a cafeteira italiana sem risco de estragar.

O acessório, contudo, mais indispensável é borracha de vedação e o filtro. Eles têm vida útil e, portanto, devem ser trocados depois de um período. Só não se esqueça que devem ser adquiridos de acordo com o tamanho da cafeteira italiana que vai usar. E digo, por experiência própria, que faz toda a diferença trocar a borracha! Com o tempo, ela muda de cor e fica rosa, verde, amarela ou cinza. Quando chega nessa hora, o sabor do moka começa a ficar horrível!

Dica também importante de como usar a cafeteira italiana: ela não é térmica e não conservará a temperatura, por isso, precisa tomar o café assim que ficar pronto

Aprendeu agora como usar a sua cafeteira italiana?

Espero que tenha ajudado a você a fazer o melhor café que sua casa já teve! Se você estiver planejando uma viagem para a Itália, você não precisa comprar a sua moka no Brasil. A Bialetti tem lojas próprias em toda a Itália e você pode conferir mais informações no site deles. Aliás, tem em todo território mesmo, pois a minha amarelinha eu comprei em Reggio Calábria.

Castello Aragonese de Reggio Calabria
Castello Aragonese de Reggio Calabria

A minha sugestão é que você procure as lojas próprias por conta da variedade, da especialização dos vendedores (que nem sempre são muito simpáticos) e porque, muitas vezes, não compensa o valor no dutyfree. Aliás, acho que esse é o melhor souvenir e o melhor presente para se levar de uma viagem à minha Itália! Então mãos à obra e coloque em prática o que aprendeu sobre como fazer café na Bialetti e não deixe de usar a cafeteira italiana!

Buy me a cup of coffee
Cafeteira italiana: como usar a sua Bialetti ou moka

O que você achou? Teria algum comentário?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.