Como comprar chip de celular na Europa

No passado, era super complicado se comunicar por telefone com outros países. Há 20 anos morei na Inglaterra e tinha de ir até um orelhão. Já 15 anos atrás, quando estudei na França a primeira vez, eu precisei alugar um celular no Brasil e levar comigo, mas recebi ligações em roaming quando viajei à Itália e à Alemanha e tive de acarcar com uma conta altíssima! Menos de dez anos atrás, visitando um namorado nos Estados Unidos, foi bem mais fácil por poder comprar lá um aparelho já com crédito. Naquela época, já era possível usar roaming internacional, mas assim como hoje, a preços bem salgados.

Com o surgimento dos chips para celular, a realidade mudou. Eu sei, existe a opção do Skype, que já falamos em outro post. Contudo, nem sempre queremos ficar sem acesso ao nosso aparelho e, principalmente, sem um pacote de dados. Sem contar que não é nada legal pagar a conta do roaming.

Antes de sair

Assim, quando for fazer uma viagem internacional, a minha primeira dica é que entre nas configurações do seu celular, ainda dentro do avião, antes dele decolar, e desabilite o uso de dados. Dessa forma, você evitará desperdiçar o seu rico dinheirinho com os caríssimos dados usados em roaming internacional.

Não, você não precisa comprar aqueles chips ou roteadores internacionais. Você pode comprar um chip local, na chegada! Sairá bem mais barato! Conto aqui como fazer!

Como comprar o chip

Chegando no destino, você poderá ir até uma loja de uma operadora. Na Europa, por exemplo, encontramos várias lojas de operadoras como Orange, Vodafone ou TIM. Vá até uma delas, com o seu passaporte original, e compre um chip.

Se quiser se antecipar, em alguns aeroportos encontramos lojas que vendem esses chips. Já vi no aeroporto de Madri, por exemplo, a 10 euros o chip e já com alguns mega incluídos. Mas não são todos aeroportos que oferecem esse conforto. E nem todos os chips que valem à pena. Foque nos das operadoras locais!

Como carregar

As próprias lojas vendem recargas. Na hora que comprar o chip, você já pode sair com a sua. Se precisar recarregar, contudo, é preciso ir outra vez em uma loja ou em redes associadas – como livrarias, lojas de conveniência, supermercados, entre outros – e pegar mais uma. Falo que precisará comprar nesses lugares, pois, normalmente, a compra de créditos por telefone (central eletrônica ou atalhos no celular) só funciona com um cartão de crédito local. Falo por experiência própria, pois meu cartão de crédito do Brasil não funciona para fazer recarga da linha Orange francesa que tenho. Sempre uso o cartão do banco local.

Preços

Os preços variam muito de país para país. Na Alemanha , por exemplo, os pacotes não têm muitos gigas. Já na Itália, 50 euros rende uma vida em megabites. Na Espanha, os pacotes têm mais vantagens, por exemplo, que na França, onde 20 ou 30 euros só te dão 2G.

Cobertura

No geral, a cobertura na Europa é muitíssimo boa! Funciona super bem em todos os lugares! Nunca fiquei sem o meu funcionar e olha que rodei. Mesmo no meio do mato, em trilhas o negócio estava rodando direitinho!

Deslocamento entre países

Pela regulamentação local, operadoras contratadas em países da UE não podem te cobrar a mais se você usar dados ou receber ligações em roaming. Mas eles podem – e vão – debitar mais se você ligar para outros DDIs ou se você ligar para outros países em roaming.

É bem importante essa ressalva: a regra que comentei é para a União Europeia. Ou seja, ela não vale para países que não fazem parte da UE. Então não adianta comprar um chip na França e ir à Andorra que ele, aliás, pode nem funcionar. Ou comprar um chip na Suíça e ir à Bélgica, entre outros inúmeros exemplos.

Se o uso for só internet e local, beleza. Se você quiser ligar a outros DDIs, aí você pode avaliar se vale comprar pacotes Europa ou Mundo. Boa parte das operadoras têm.

Ou, se for sair da UE, por exemplo, pode valer comprar mais de um chip e incluir o país de fora que irá.

Qual é o melhor chip

Acho que as operadoras na Europa, no geral, atendem muito bem. Os preços também costumam variar de tempos em tempos, por isso, pode ser que tenha alguma tarifa nova ou promocional. E também depende do que busca: se é local, mundo, mais de dados… Eu costumo ver que na Itália a TIM é a que tem os preços mais interessantes, principalmente para dados. Na França e na Espanha, fico entre Vodafone e Orange.

De qualquer forma, se quiser ligar para outros países e não rolar pelo WhatsApp, muitas vezes vale comprar créditos do Skype, que falamos recentemente aqui. Se a estadia – ou o uso mesmo – for por mais tempo e o foco for fazer e receber ligações do Brasil, sugiro avaliar fazer o Número Skype e comprar os créditos Skype.

Se for dados mesmo e as ligações só precisar em último caso, vá fundo no chip! Aproveite ele para postar lindas fotos nas redes sociais, receber seus e-mails e falar por WhatsApp com família, amigos e pessoas do trabalho! 🙂

Espero ter ajudado e, se tiver alguma dúvida específica, mande um e-mail pela seção Contato! E continue acompanhando que toda semana tem novidade aqui e nos canais nas redes sociais!