15 motivos para ir à Alsácia

A Alsácia é a menor região da França e a que revela mais sabores e belezas por hectare. Esse lugarzinho nos proporciona grandes momentos para uma viagem, seja sozinho, com amigos, em um passeio romântico ou com crianças e família. Separamos aqui alguns motivos incríveis para que escolha esse destino para as próximas férias!

1. Visitar Strasbourg

A Capital da Europa, além de contar com belas ruas e canais, foi berço da Reforma Protestante, contou com as primeiras gráficas do mundo e oferece uma excelente visita à linda catedral que já foi, por séculos, o prédio mais alto do mundo.

img_4711
A vista supreendente da barragem Vauban de Strasbourg

2. Passear em Colmar

Quem assistiu a Bela e a Fera já pode imaginar a maravilha que é andar entre antigas casinhas e enxainel pelos canais da Petite Venize. Sim! A linda e apaixonante cidade inspirou os cenários do filme e nos encanta à primeira vista.

Petit Venize de Colmar
Petite Venize de Colmar

3. Se deliciar com a pâtisserie e os restaurantes Michelin

Depois da Île de France, a região onde está Paris, a Alsácia é a que mais tem restaurantes com estrelas Michelin, como o Au Trotthus, situado em Riquewhir, onde tive uma excelente experiência gastronômica. Com reservas antecipadas, é possível vivenciar uma explosão de sabores propiciada por renomados chefs. A pâtisserie local, com pães doces, bolachas, bolos é uma experiência à parte! Sem contar os queijos locais e o fois gras…

Outra sobremesa do Au Trotthus
Outra sobremesa do Au Trotthus

4. Apreciar excelentes vinhos entre lindos vinhedos

Famosa pela produção de vinhos brancos, a Alsácia é excelente para quem curte uvas como Riesling, Silvaner, Moscatel, Pinot Blanc e Gris e Gewrztraminer. Lindas cidades com excelentes produtores fazem dessa rota do vinho um passeio imperdível!

ff12100e-0faf-40a0-bfc4-9298f3f32f44
As videiras ganhando folhas no início da primavera

5. Visitar lindas e coloridas cidades medievais 

A arquitetura local mescla o neoclássico francês às fofas casas alemãs em enxaimel, aquele tipo de construção com estrutura de madeiras encaixadas entre si e que são preenchidas com tijolos ou taipa. Belas cidades da rota do vinho como Riquewihr e Eguisheim são lindos exemplos de arquitetura em que se pode passar grandes momentos entre suas muralhas, degustando vinhos e comendo em restaurantes Michelin.

A delicadeza das flores, casas e detalhes
A delicadeza das flores, casas e detalhes de Riquewihr

6. Fazer a rota dos castelos-fortaleza

Os vinhos, passeios e restaurantes podem ser combinados com visitas a castelos milenares. Um desses exemplares e que está inteirinho é o Haut-Koeningsbourg. Em cima de diversas colinas vemos torres antigas que eram castelos, como acontece em Kaysersberg e Thann.

A bela vista do Haut-Koeningsbourg
A bela vista do Haut-Koeningsbourg

7. Atravessar a fronteira para a Suíça e a Alemanha

A região está ao lado da fronteira com a Suíça e a Alemanha. De Mulhouse vamos rapidinho à Basel, à Freibourg e acessamos lindos lagos suíços. De Strasbourg podemos acessar a cidade charmosa de Baden Baden e o EuropaPark o maior parque de diversões da Europa e que supera o tamanho da EuroDisney.

Mittlere Brucke: a mais famosa ponte de Basel
Mittlere Brucke: a mais famosa ponte de Basel

8. Visitar o maior museu europeu do automóvel

O mais famoso ponto turístico de Mulhouse é sem dúvida a Cité de l’automobile – Colection Schlumpf. Foi o primeiro museu automóvel do mundo. Estão lá Bugatti, Porsche, Rolls-Royce, Mercedes e uma série de marcas que eu nem sabia que um dia existiram! São mais de 20.000 m2 recheados de autos, carrinhos de pedal e de Fórmula 1.

Raridades de diversas décadas em perfeito estado de conservação
Raridades de diversas décadas em perfeito estado de conservação

9. Andar de bike

A Alsácia é cortada por três importantes ciclovias europeias: a EuroVelo6, a 15 e a 5. É possível alugar uma bike, passar dias pedalando entre vinhedos ou no campo ou até dedicar uma tarde a isso. Além das ciclovias transnacionais, encontramos cidades recheadas de faixas exclusivas!

IMG_3890
Paisagens bucólicas na EuroVelo6

10. Namorar

Com tantos lugares lindos e românticos e vinho bom, lógico que é um destino incrível para ir a dois!

img_0161.jpg
Eu aproveitei muito para namorar na Alsácia. Aqui foi nosso passeio em Strasbourg

11. Esquiar

Região montanhosa, a Alsácia conta com diversas estações de esqui, como Champ du Feu, Lac Blanc, Doelleren, Grand Ballon, Le Tanet, entre várias outras! A floresta negra, os alpes e o friozinho que faz tornam um excelente destino para quem quer buscar pistas fora dos destinos mais glamourosos e caros. Esse é um esporte um pouco salgado pelo custo dos acessórios e das estações, mas a região o torna mais acessível, com boas pistas a excelente custo-benefício.

img_0176
Pista de Champ du Feu. Fonte: Divulgação/Champ du Feu

12. Fazer trilhas

A Alsácia conta com diversas colinas e montanhas famosas. Entre as mais procuradas para trilhas estão a Route des Crètes, a Montanha Viel Armand, Montagne des Singes, Parc du Petit Ballon e o Parc do Grand Ballon. No app Wikiloc é possível encontrar trilhas nas montanhas e também entre lagos como o Lac Blanc e o Lac de Kruth, ou em vinhedos, como é o caso da cidade de Thann. É também possível fazer a trilha até o Mont Donon, o mais elevado pico dos Vosges e considerado sagrado por ser onde está um templo romano dedicado a Mercúrio. Boa parte das trilhas está bem preparada e sinalizada. Existem opções para quem quer mais aventura e longos trajetos e também para quem busca um passeio leve com a família.

A sinalização para as diferentes trilhas
A sinalização para as diferentes trilhas em Thann

13. Visitar o único campo de concentração do atual território francês

A Primeira e a Segunda Guerra marcaram fortemente a Alsácia. Uma série de memoriais e museus sobre elas estão situados na região. Entre eles está o Natzweiler-Struthof, um campo de concentração alemão. Situado em Schirmeck, a 50 km de Strasbourg, foi o único campo de concentração nazista no território francês, tendo em vista que entre 1941 e 1944 a Alsácia era administrada pela Alemanha. Ele operou de maio de 1941 ao final de 1944, quando foi evacuado pela armada francesa e a norte-americana.

A ambientação original foi mantida nessas casas de Struthof
A ambientação original foi mantida nessas casas de Struthof

14. Subir num balão do Parc Petit Prince

Para quem tem bem filhos pequenos, o Parc Petit Prince (Parque Pequeno Príncipe) é uma atração local imperdível! Está situado em Ungerstein, entre Colmar e Mulhouse, a mesma cidade onde está o Ecomusée d’Alsace. É o primeiro parque aéreo do mundo e tem uma série de atrações ligadas ao personagem Pequeno Príncipe e ao mundo da aviação de Saint-Exupéry. As principais atrações são dedicadas às crianças pequeninas, mas os pais podem ser divertir ao ver os fofos personagens e dar uma subidinha em um balão.

Vista aérea do Parc Petit Prince. Fonte: Instagram do Parc Petit Prince
Vista aérea do Parc Petit Prince. Fonte: Instagram do Parc Petit Prince

15. Ir aos mercados e festas de Natal

Nos meses de novembro e dezembro a Alsácia ganha novas cores! Cidades como Colmar, StrasbourgMulhouse , Riquewhir e Kaysersberg ganham famosos mercados de Natal! Os marchés de Noel (mercados de natal) ou fêtes de Noel deixam as cidades repletas de luzes, itens de decoração e deliciosas iguarias. Séléstat, situada na região, foi a cidade que originou a árvore de Natal, por isso esse item também é bem importante para essas celebrações locais. Não podemos deixar de mencionar que o gingerbread nasceu na Alsácia, na cidade de Gertwiller.

img_0822

Com tantos motivos, que tal programar umas férias para esse destino maravilhoso? Aqui no Ultrapassando Fronteiras temos muito conteúdo sobre a região, pois é onde moro atualmente. Os textos estão bem detalhados e foram elaborados com base nos passeios que fiz. Não deixe de acessar o tópico França/Alsace e conferir sobre cada um desses lugarzinhos! E continue nos acompanhando que sempre tem novidade por aqui!