NoMad, o melhor brunch de Mulhouse

Mulhouse é uma cidade com um dos únicos restaurantes italianos com estrela Michelin de toda a França. Mas comer bem sem ser em um Michelin é bem difícil. Os preços são super caros e as outras opções tem custo-benefício ruim. A ÚNICA vez que achei um prato okay a um preço mais acessível foi uma tarte flambée (a pizza da Alsácia com uma massa bem fininha) de cabra a 11,50 euros no Auberge Au Vieux Mulhouse, um restaurante bem turístico situado em frente à catedral. As outras vezes que comi nesse mesmo lugar o mesmo prato não estava tão bom e o serviço foi péssimo.

Ambientação descolada e agradável do NoMad Café Foto: NoMad/Divulgação
Ambientação descolada e agradável do NoMad Café Foto: NoMad/Divulgação

Recentemente, um novo restaurante abriu na cidade em um local inusitado. Sem dúvida é o lugar mais moderninho, descolado e atual. Situado em um antigo galpão revitalizado, o NoMad Café é o lugar da moda em Mulhouse. Não costumo escrever muito com foco em restaurantes específicos, mas achei que valia falar sobre esse por ser uma excessão de Mulhouse!

O NoMad serve sanduíches e, no período da tarde, chá. Nos últimos sábados do mês acontecem lá festas com direito a DJ. Já aos domingos… temos brunch! É um lugar mais estilo fast food gourmetizada, mas que tem o diferencial de vender drinks, realizar às vezes festas e oferecer chá da tarde e o… brunch! Enfim, é uma proposta de local para socialização por meio de uma alimentação diferente da tradicional local.

É possível sentar dentro do NoMad ou nas mesinhas externas
É possível sentar dentro do NoMad ou nas mesinhas externas

Eu fui então experimentar com meu namorado num domingo de manhã. O preço do brunch não é baratinho, mas achamos que vale super. São 28 euros por pessoa (esse é o preço de um prato okay nos restaurantes da cidade) e estudantes pagam 22 (eu consegui o desconto mesmo sendo doutoranda). Mesas bem servidas com iogurtes, pães, queijos e embutidos, frutas, sucos, saladas, panquecas, waffles… a lista é bem mais extensa, mas o interessante é dizer que, além das opções dignas de um bom café de hotel, existem pratos como camarões enormes e cuscus. É quase um rodízio brasileiro versão matutina… Os pontos negativos foram só que achei que tinha pouca fruta (só vi kiwi e figo) e que os sucos são de caixinha.

O brunch do NoMad Café é disposto entre sete mesas, distribuídas pelo restaurante de acordo com o tipo de alimento Foto: NoMad/Divulgação
O brunch do NoMad Café é disposto entre sete mesas, distribuídas pelo restaurante de acordo com o tipo de alimento Foto: NoMad/Divulgação

Você pode sentar às 10h30 e ficar no NoMad Café tranquilo até o final do brunch, comendo o que quiser. Você só pagará algo a mais se pedir bebida alcoólica. É perfeito para aquela tarde que você quer ficar horas conversando e saboreando… Só não deixe de reservar por telefone ou no site!

Uma observação: cometi o erro de não tirar nenhuma foto do buffet nem dentro do restaurante. Assim, as fotos internas desse post são do NoMad para divulgação. Mas tirando as frutas na bandeja na última foto, as duas imagens são totalmente fiéis à realidade!

Você está em Mulhouse? Não deixe de conferir aqui no blog no tópico França/Alsácia sobre várias atrações da cidade e da região!

Confira também:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s