Art Basel: o evento que sempre sonhei em ir

Sabe uma daquelas coisas que sempre sonhamos em fazer? Ir à Art Basel era uma delas. Sou louca por arte contemporânea e esse sem dúvida é um dos maiores eventos da indústria de arte. A vida, contudo, resolveu esse desejo de forma muito fácil: eu fui morar a 30km de Basel. Aquelas surpresas que acontecem conosco…

Um dos principais acontecimentos da cidade que o sedia, tem periodicidade anual e ocorre sempre na metade de junho.

Galerias expõem diversos estilos de obra na Art Basel
Galerias expõem diversos estilos de obra na Art Basel

As delícias propiciadas pela Art Basel não param por aí… O evento oferece ainda uma enorme exposição de artistas contemporâneos, transmite filmes e reúne outros setores da indústria da arte como as editoras de revistas segmentadas que você nem imaginava que existiam! Sabe o que é melhor? Tem inúmeras palestras com artistas e curadores que eu só conhecia de matérias e livros! E quem tem filhos pode deixa-los numa área dedicada a atividades pra crianças!

Conversations: espaço de palestras na Art Basel
Conversations: espaço de palestras na Art Basel

A Art Basel acontece simultaneamente à Design Miami, que é outra grande atração! As duas são organizadas dentro do Centro de Convenções (Messe) de Basel, que arquitetonicamente já vale a visita. A compra de ingresso de uma, contudo, não dá direito a entrar na outra. E os custos são a parte ruim do evento. Mas vamos lá: é uma feira para colecionadores de arte que acontece na Suíça. Então não seria de graça certo?

Esta obra exposta na Art Basel é uma esfera toda composta por balas
Esta obra exposta na Art Basel é uma esfera toda composta por balas

O ingresso online antecipado para a Art Basel 2018 foi, por exemplo, 40 francos por dia. No período do evento, ele subiu para 50 francos. Na porta, era 60. Se a pessoa quisesse ver as duas feiras e comprar na hora, seriam 100 francos. E quem quisesse conferir os quatro dias e comprar online pagava 130 francos, o que pode ser um bom negócio. A boa notícia é que o acesso às palestras é gratuito, está antes das catracas!

A edição 2018 trazia uma oficina de colagem de porcelanas proposta pela Yoko Ono
A edição 2018 trazia uma oficina de colagem de porcelanas proposta pela Yoko Ono

Despesas à parte, é um investimento que, para quem curte arte como eu, vale muito! Nesse período, é possível também conferir diversos eventos paralelos organizados por museus e galerias de arte.

img_6103
Na área externa existem restaurantes e bares

Se está se organizando e quer mais informações sobre a cidade, eu fiz um post só sobre Basel. A cidade faz jus ao título de capital cultural da Suíça, com seus excelentes museus, e, em junho, tem a temperatura super agradável! Não raro verá pessoas tomando banho no rio!

Para quem vai esticar um pouquinho mais, a rota do vinho da Alsácia está pertinho. Confira os textos que escrevi sobre cidades que estão nesse trajeto! Entre elas estão a famosa Colmar, as lindas Kaysesberg, Eguisheim e Riquewir, além da muito frequentada Ribeauvillé. Você pode ainda fazer trilhas em Thann e andar pela extensa ciclovia EuroVelo6. Freiburg, na Alemanha, também está perto! E Zurich também.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s