Granada e os encantos árabes

Granada está na minha lista de lugares que toda pessoa deveria visitar uma vez na vida. E o motivo? Alhambra. A cidade é interessante, mas a beleza desse monumento ofusca todo o resto e é certamente um dos pontos turísticos mais memoráveis de toda a Espanha!

Tenho um carinho enorme por Granada. Foi de um pequeno povoado dessa região que a família da minha avó materna veio. A gastronomia, o calor, a luz, tudo me faz sentir em casa. Como característica da Andaluzia, ela guarda as marcas da presença árabe e da reconquista cristã. Assim, sentimos isso com os olhos, paladar e o olfato.

IMG_1275
Um dos palácios de Alhambra visto de cima

O Centro da cidade é calmo e oferece bons hotéis a excelente custo-benefício, o que é uma característica da Andaluzia. Uma região barata e fácil para viajar.

Mas existe uma peculiaridade: o ideal é planejar essa viagem com antecedência. Os ingressos para Alhambra sempre estão esgotados. Mesmo na baixa temporada, é comum visitantes não conseguirem acessar ou só encontrarem tickets para entrar nos jardins, sem acesso às construções. Para garantir, eu adquiri os meus com quatro meses de antecedência. Ah! Cuidado para não perder o horário do agendamento. A visita tem duração de apenas três horas e segue à risca os horários dos ingressos.

IMG_1259
Belas colunas e adornos dos palácios de Alhambra

Cheguei na cidade de carro e o deixei na garagem por dois dias. Fiz tudo a pé! Exceto a ida até a Alhambra e arredores, em que usei um pequeno ônibus que sai do próprio centro antigo.

O que tem de tão especial em Alhambra? É uma fortaleza que tem palácios, jardins, uma pequena vila e templos. Eles eram dos Nasridas, a última dinastia muçulmana na região. Eu já estive no Marrakesh e confesso que as construções árabes de Alhambra me surpreenderam mais do que as da bela e famosa cidade do Marrocos. E eu fui numa tarde escura e muito chuvosa…

DSC04320
Os jardins de Alhambra são imperdíveis mesmo numa tempestade

Ao lado da fortaleza está o Albaicín, o bairro árabe de Granada, considerado pela Unesco patrimônio da humanidade. De acordo com o horário do tíquete de visita que você obtiver, aproveite para almoçar ou tomar um chá por lá. Não deixe de passar pela Carrera del Darro, considerada pelos locais a rua mais bonita do mundo. Lá estão várias lojas e restaurantes charmosos.

Em Albaicín também está o Mirador San Nicolau. As melhores vistas amplas de Alhambra são daquele ponto!

DSC04307
Vista da cidade de Granada de mirador

Estique um pouco a caminhada ao bairro Sacromonte, uma região oriunda dos povos ciganos. Caminhe pelas grutas, lindas casinhas brancas. De alguns pontos de lá você verá tanto Alhambra quanto a Sierra Nevada.

Como Granada não é só Alhambra, não deixe de passar no centro antigo e ver Catedral. Se não quiser pagar os 5 euros de visitação, observe a arquitetura de estilo gótico. É na Capela Real que os reis católicos Fernando e Isabel estão enterrados. Pertinho está a Alcaicería, o antigo mercado árabe da seda, hoje com lojinhas para comprar presentinhos e artesanato.

DSC04304
Detalhes da Catedral de Granada

Se tiver um tempinho a mais, aproveite para experimentar os famosos banhos árabes. Eu, infelizmente, não tive essa oportunidade.

Também pode visitar o Mosteiro de San Jerónimo, o primeiro feito pelos reis católicos após a reconquista da região. Com o passeio, é interessante sentir a diferença na arquitetura e costumes nessa outra fase da história da cidade.

Fui à Granada na segunda quinzena de outubro. O período era ótimo, pois estava na baixa temporada. A temperatura também estava perfeita. Como a região tem o efeito do ar quente do Saara e é bem ensolarada, no verão é muito quente. Essa meia estação foi uma delícia! Acredito, entretanto, que entre abril e maio seja a melhor época. É primavera e os jardins d’Alhambra devem ficar magníficos!

Fiquei no Granada Centro Hotel. O meu quarto tinha acabado de passar por uma reforma e estava novinho, limpinho, arrumadinho! Achei bem honesto.

Cheguei saindo de Valencia e depois fui à Córdoba e Sevilha. Confira aqui no Ultrapassando Fronteiras como são as três cidades! Recomendo, em especial, a combinação de Granada com Córdoba e Sevilha. As três estão bem próximas!